Endividamento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1565 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL
CENTRO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS, ECONÔMICAS E ADMINISTRATIVAS
CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS
DISCIPLINA: SEMINÁRIO DE PESQUISA








PROJETO DE PESQUISA
ENDIVIDAMENTO PESSOAL











Projeto de pesquisa apresentado junto à disciplina de Seminário de Pesquisa.Professora: Cineri Fachin Moraes















Caxias do Sul
2012
1 TEMA

Endividamento pessoal

2 PROBLEMA

No que uma consultoria pode auxiliar as pessoas nos seus gastos tendo em vista o consumismo?

3 OBJETIVOS

• O objetivo deste estudo é avaliar o fenômeno de endividamento quando advindo de atos de consumo;
• Descobrir o que realmente leva aspessoas a comprarem compulsivamente;
• Ter a percepção da aceitação das pessoas diante de uma consultoria em relação a seus gastos;
• Elaborar um “teste” que ajude as pessoas a saberem como devem gastar e em que proporções podem gastar.


4 JUSTIFICATIVA

É importante, pois, a cada dia cresce mais o numero de pessoas endividadas. Fazendo o estudo sobre esse tema poderemos ter apercepção do fator que é responsável por este crescimento, como também, buscar soluções e medidas preventivas para o endividamento.
A facilidade de se obter crédito hoje em dia é provavelmente o maior responsável por este alto grau de endividamento, e isto aliado ao pensamento consumista que impera na atualidade faz com que esse quadro se agrave cada vez mais.
Conforme visto atravésdo estudo elaborado, percebe-se que a ajuda prestada por uma consultoria para estas pessoas endividadas é de suma importância, pois essa pode evitar uma crise econômica nacional, se o grau de endividamento for muito elevado.
Uma consultoria financeira pode evitar que esse endividamento pessoal aconteça, ou pode fazer com que este não tome dimensões elevadas, as quais o endividado nãoconsiga se reabilitar financeiramente.

5 REFERENCIAL TEÓRICO

O risco de uma carteira divide-se em risco de mercado, de crédito e operacional. Todos esses riscos devem ser simultaneamente monitorados pelo investidor e a disciplina desse trabalho determinará a aderência das expectativas de ganhos e perdas ao longo do tempo, especialmente nos momentos desfavoráveis.
A experiênciaacumulada estudando a dinâmica do dinheiro, ouvindo os problemas das pessoas e dando palestras de finanças pessoais, além de me motivar a escrever esse livro, ajudou-me a identificar boa parte dos ralos que existem nas finanças das pessoas dos mais diversos níveis, sejam ricas ou pobres. Um grande ralo é, sem sombra de dúvida, a compra malfeita.
Em várias passagens do livro, conto a história depessoas que passaram por problemas financeiros fruto de compras malfeitas e como esses problemas foram sanados. São histórias reais de pessoas que contam suas experiências de sucesso e de fracasso.
Ao mostrar as dificuldades vividas por outras pessoas e como elas foram contornadas, espero que você identifique e saiba solucionar os problemas que podem estar acontecendo com você.
Adescoberta é que elas não dão o melhor destino ao dinheiro tão duramente conseguido. Este resultado é, até certo ponto, óbvio: empresas usam técnicas de venda, consumidores não empregam técnica de compra. Empresa faz venda baseada na técnica. Consumidor faz compra emocional não planejada e baseada no imediatismo.
Sendo assim, boa parte das pessoas gasta muito mais que o necessário para compraras coisas, e por pior de tudo, costumam achar que fizeram um bom negócio.
Isto é, na maior parte das vezes, com o dinheiro gasto para compra uma televisão é possível comprar a mesma televisão mais um DVD.
Com o dinheiro gasto para comprar uma geladeira é possível comprar a mesma geladeira e mais um freezer.
Com o dinheiro gasto para comprar um carro usado é possível comprar o...
tracking img