Empresa alagoana fika frio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1122 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
História
Tudo começa quando o engenheiro de refrigeração Henrique Piva recebe a missão de consertar uma máquina de produzir sorvetes. Após o trabalho, resolve testá-la e, ao ver a máquina em funcionamento, teve uma ideia. No início, uma pequena sorveteria com o nome Shups é aberta no centro da capital alagoana.
Os negócios foram se expandindo, o tempo passou, e hoje, o alagoano nota 10 AlbertoCabús, de 44 anos, natural de Maceió, é quem administra a Fika Frio. Neto do engenheiro Henrique Piva, ela potencializou a ideia inicial, transformando-a na maior indústria de sorvetes do Estado, que ao longo dos seus 31 anos de existência, faz a alegria dos alagoanos com a produção de sorvetes e polpas de frutas, enfrentando grandes indústrias nacionais do setor e valorizandoAlagoas, sua gente e seus frutos.

O empresário, que está ligado à Fika Frio, como sócio, desde 1983, tornou-se diretor nove anos depois, participando ativamente do crescimento da empresa nasúltimas décadas.Atento para a criação de mecanismos que contribuam para o desenvolvimento econômico do Estado, Alberto Cabús implanta uma interessante política na empresa. As frutas que dão origem aos sorvetes epolpas são exclusivamente adquiridas de produtores alagoanos, sem fazer nenhum tipo de importação de produtos vindos de outros estados.
“Não existe necessidade de procurarmos a matéria-prima em outros locais, se encontramos produtos de muita qualidade na nossa terra. Essa é uma forma de contribuir para o crescimento do Estado. Alagoas precisa prosperar cada vez mais. Existe potencial paraisso,basta ser explorado”, explica Cabús.

Com formação acadêmica em contabilidade e pós-graduação em marketing, Alberto Cabús sempre possuiu um espírito empreendedor em sua vida e, já na sua infância, trabalhava com seu pai, assumindo responsabilidades e adquirindo ensinamentos que carrega em seu trabalho até hoje.“Quando eu tinha 12 anos, meu pai saía e me deixava sozinho, em sua loja, para que eutomasse conta. Sempre me interessei e desde muito jovem tinha tarefas diárias para cumprir e isso proporcionou grandes aprendizados em minha vida.”,lembra.

FIKA FRIO
Hoje, a empresa conta aproximadamente com um quadro de 200 funcionários, divididos entre as fábricas, lojas e pontos de distribuição. A perspectiva é que nos próximos anos, mais uma fábrica da empresa seja aberta, provavelmente,no município de Rio Largo, gerando novos empregos diretos e indiretos, além de movimentar a economia do Estado.

Além de Alagoas, os produtos da Fika Frio são comercializados nos estados de Pernambuco, Paraíba e Sergipe, tornando a empresa uma das líderes de mercado também na região Nordeste. A produção mensal aponta um número de 200 mil litros de sorvete e 5 toneladas de polpas, dos maisvariados sabores.

Alberto Cabús aponta a dedicação dos funcionários como um dos motivos para o desenvolvimento da empresa. Todos eles participam da produção, tendo como missão primordial levar alegria e a satisfação aos clientes. Para ele, esse fator criou a identificação do público alagoano com a empresa.

“Tenho certeza que o segredo do nosso sucesso está no conceito que sempre carreguei durante aminha vida e que procuro transmitir para os meus funcionários: trabalhar com amor. Quando se tem paixão, conseguindo o prazer e a dedicação total em seu ambiente de trabalho, as conquistas e vitórias aparecem com maior frequência”, explica o empresário.

“Sorvete é sinônimo de alegria. E esse tem que ser o primeiro sentimento de cada funcionário que trabalha aqui. O nosso produto é naturalporque é feito por pessoas que colocam muito mais que o coração em cada sorvete ou polpa produzida. Pessoas que colocam amor e carinho desde a seleção de cada item até a entrega dos nossos produtos nos pontos de venda”, completa.

Ele estimula, dentro da empresa, o reaproveitamento de materiais recicláveis entre os funcionários. Além do despertar para as questões de preservação ambiental, evitando...
tracking img