Emile durkhem

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5242 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Modelando Sistemas em UML - Casos de Uso
Introdução
A UML é a linguagem padrão para especificar, visualizar, documentar e construir artefatos de um sistema e pode ser utilizada com todos os processos ao longo do ciclo de desenvolvimento e através de diferentes tecnologias de implementação [Furlan, 1998].
A UML disponibiliza uma forma padrão de modelagem de projetos de Sistemas, incluindoseus aspectos conceituais tais como processos de negócios e funções do sistema, além de itens concretos como as classes escritas em determinada linguagem de programação, processos de banco de dados e omponentes de software reutilizáveis.
Os criadores da UML procuraram desenvolver uma linguagem unificada padrão que pudesse ser de fácil entendimento a todos. Preocuparamse em deixá-la aberta aosdesenvolvedores, onde os mesmos pudessem criar seu próprio método de trabalho.
Empresas desenvolvedoras de ferramentas estão livres para criarem uma ferramenta aqueda ao uso da UML. Devido a necessidade de criação da 19 UML empresas e profissionais liberais da área estão desenvolvendo estudos para melhor aplicá-la.
Método
A UML não é um método é uma linguagem de modelagem designada para especificar,visualizar, construir e documentar um sistema. A linguagem de modelagem é a notação que o método utiliza para expressar projetos enquanto que o processo indica quais passos seguir para desenvolver um projeto.
A especificação da UML consiste de duas partes:
* Semântica - especifica a sintaxe abstrata e a semântica dos conceitos de modelagem estática e dinâmica de objetos;
* Notação –especifica a notação gráfica para a representação visual da semântica.
A UML suporta o desenvolvimento iterativo e incremental. Desenvolvimento iterativo e incremental é o processo de desenvolvimento de sistemas em pequenos passos. Uma iteração é um laço de desenvolvimento que resulta na liberação de um subconjunto de produtos que evolui até o produto final percorrendo as seguintes atividades:
*Análise de requisitos
* Análise
* Projeto
* Implementação
* Teste
Análise de requisitos
Esta etapa se caracteriza pela definição do comportamento do sistema, ou seja, como o sistema age ou reage, descrevendo o relacionamento entre o ambiente e o sistema. Deve ser uma definição de necessidades do usuário e não uma proposta de solução. O usuário deve indicar os requisitosprioritários para o sistema.
O grupo de análise deve identificar as necessidades do usuário. Decisões do projeto impostas não são características essenciais do domínio do problema.
A análise de requisitos compõe-se dos seguintes diagramas:
* Diagrama de caso de uso;
* Diagrama de seqüência;
* Diagrama de colaboração;
Para realizar a análise de requisitos, primeiramente deve-se:
*Identificar objetivo e características do sistema;
* Identificar os requisitos essenciais;
* Descrever as necessidades do usuário;
* Elaborar diagrama de caso de uso;
* Elaborar diagrama de seqüência;
* Elaborar diagrama de colaboração
Conceitos
UML é uma linguagem visual para especificação (modelagem) de sistemas orientados a objeto. A UML privilegia a descrição de um sistemaseguindo três perspectivas:
1. Os diagramas de classes - (Dados estruturais);
2. Os diagramas de casos de uso (Operações funcionais);
3. Os diagramas de seqüência, atividades e transição de Estados (Eventos temporais).
Os casos de uso de um projeto de software são descritos na linguagem UML através de Diagramas de Casos de Uso (Use Case). Diagrama de "Use Case": É um diagrama usadopara se identificar como o sistema se comporta em várias situações que podem ocorrer durante sua operação. Descrevem o sistema, seu ambiente e a relação entre os dois. Os componentes deste diagrama são os atores, os "Use Case" e os relacionamentos. Casos de uso e Relacionamentos. Ainda pode-se usar as primitivas Pacotes e Notas.
Ator: Representa qualquer entidade que interage com o sistema...
tracking img