Emchentes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2994 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução

As enchentes são calamidades naturais ou não, que ocorrem quando um leito natural recebe um volume de água superior ao que pode comportar resultando em transbordamentos. Podem ocorrer em lagos, rios, córregos, mares e oceanos devido a chuvas fortes e contínuas.
Em áreas rurais ocorre com menos frequência, pois o solo, bem como a vegetação, se compromete a fazer aevacuação da água pela sucção da mesma provocando menores prejuízos. Normalmente ocorre com menos força, não atingindo consideráveis alturas que provocariam a perda de alimentos armazenados, máquinas ou outros objetos. Já nas áreas urbanas, ocorre com maior frequência e força trazendo grandes prejuízos. Acontece pela interferência humana deixando assim de ser uma calamidade natural.
Ainterferência humana ocorre em vários estágios, começando pela fundação de cidades nos limites de rios, pelas alterações realizadas em bacias hidrográficas, pelas construções mal projetadas de diques, bueiros e outros, responsáveis pela evacuação das águas. Ainda podem ocorrer pelo depósito errôneo de lixo em vias públicas que, com a força das águas, são arrastados causando o entupimento dos locais de saída deágua.
Como se percebe, as enchentes, na maioria das vezes, ocorrem como consequência da ação humana. Das dificuldades que uma enchente provoca pode-se destacar:
O abandono dos lares inundados,
A perda de materiais, objetos e móveis inundados ou arrastados pela água,
A contaminação da água por produtos tóxicos,
A contaminação da água com agentes patológicos queprovocam doenças como amebíase, cólera, febre amarela, hepatite A, malária, poliomielite, salmonelose, teníase entre outras.

A contaminação de alimentos pelos mesmos agentes patológicos acima citados.
Além das atividades já citadas, que colaboram com as formações de enchentes, também devemos nos lembrar que as áreas urbanas são mais propícias às enchentes porque o solo dessas regiões sãoimpedidos pelos asfaltos de absorver a água e também pela falta de vegetação ou pouca vegetação que deixa de contribuir com a sucção da água.
Para impedir a continuação das enchentes, e que inúmeras famílias percam seus patrimônios, pode-se construir barragens e reservatórios em áreas de maior risco, bueiros e diques espalhados pela cidade com sua abertura protegida, impedindo a entrada de lixos.A conscientização da população para que não deposite lixo nas vias públicas é imprescindível.
















Enchentes

Todos os anos é a mesma coisa na época das chuvas de verão. As regiões metropolitanas das grandes cidades enfrentam as enchentes que desabrigam milhares de pessoas, além de ferir e até matar outras tantas. Normalmente os maiores prejudicados são aspessoas pobres da periferia que não possuem condições seguras e ideais de moradia, estando a mercê das precárias condições urbanísticas da cidade.
As enchentes são calamidades naturais ou não que ocorrem quando um leito natural recebe um volume de água superior ao que pode comportar resultando em transbordamentos. Podem ocorrer em lagos, rios, córregos, mares e oceanos devido a chuvas fortes econtínuas. São consideradas, entre as catástrofes naturais, as que mais danos causam à saúde da população e ao patrimônio, com elevada morbimortalidade, em decorrência do efeito direto das inundações e das doenças infecciosas secundárias aos transtornos nos sistemas de água e saneamento.
Com a chegada da estação das chuvas, cresce a preocupação sobre o aparecimento de doenças, sobretudo astransmitidas por água, alimentos, vetores, reservatórios e animais peçonhentos. Este fato gera a necessidade de intensificação das ações de vigilância em saúde de forma oportuna, coordenada e articulada com outros setores e com base em dados para a tomada de decisões.
As enchentes, nos dias de hoje, são resultado de um longo processo de modificação e desestabilização da natureza por...
tracking img