Embriologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1507 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Mineiros - GO, 14 de setembro de 2012.

UNIFIMES - Centro Universitário de Mineiros

Síntese de Neuroanatomia sobre: Embriologia, divisões e organização geral do Sistema Nervoso, e Tecido Nervoso

Discente: Vanessa Ribeiro de Souza
Disciplina: Neuroanatomia
Curso: Psicologia/ 2º Período NoturnoDocentes: Rayane Oliveira Rezende/ Nara Muria Resende Lewe
Embriologia, divisões e organização geral do Sistema Nervoso

Origem do sistema nervoso
O sistema nervoso se origina do folheto embrionário ectoderme.
A formação inicia-se com o espessamento desta, acima da notocorda, dando origem a placa neural; o desenvolvimento desta placa é induzidopela notocorda e pela mesoderme. A placa neural torna-se mais espessa, adquire sulco longitudinal (sulco neural) que se aprofunda formando a goteira neural. Os lábios da goteira neural se fundem e formam o tubo neural. Em seguida, o ectoderma não diferenciado se fecha sobre o tubo neural; quando encontra os lábios da goteira neural originam células que formam uma lâmina longitudinalsituada dorso-lateralmente ao tubo neural denominada cristal neural. O tubo neural dá origem ao sistema nervoso central, enquanto a crista origina o sistema nervoso. O calibre do tubo neural não é uniforme. Na parte cranial, são observadas inicialmente, três dilatações; são as chamadas vesículas encefálicas primordiais, são elas: prosencéfalo, mesencéfalo e rombencéfalo. O prosencéfalooriginará o telencéfalo e o diencéfalo. O mesencéfalo não sofrerá modificações. E, por fim, o rombencéfalo originará o metencéfalo e o mielencéfalo. O metencéfalo dará origem à ponte e ao cerebelo e o mielencéfalo dará origem à medula oblonga (bulbo). A medula oblonga, ponte e o mesencéfalo formam o tronco encefálico, estrutura responsável pela união do encéfalo a medula espinal. A crista neuraldará origem aos gânglios espinais (localizados nas raízes dorsais dos nervos espinais), gânglios sensitivos, gânglios do sistema nervoso autônomo, medula da glândula adrenal, paragânglios, células de Schwann, dura-máter, aracnóide, algumas partes do crânio e outras células de vários tipos de tecidos, além do nervoso. Nas dilatações do tubo neural, vale destacar que no interior das dilatações há umacavidade revestida por células ependimárias o que mais tarde dará origem ao sistema de drenagem liquórica.
O Sistema Nervoso e suas divisões
O sistema nervoso central recebe, analisa e integra informações. É o local onde ocorre a tomada de decisões e o envio de ordens. O sistema nervoso periférico carrega informações dos órgãos sensoriais para o sistema nervoso central e do sistema nervosocentral para os órgãos efetores (músculos e glândulas).  
O sistema nervoso central divide-se em encéfalo e medula. O encéfalo corresponde ao telencéfalo (hemisférios cerebrais), diencéfalo (tálamo e hipotálamo), cerebelo, e tronco cefálico, que se divide em: bulbo, situado caudalmente; mesencéfalo, situado cranialmente; e ponte, situada entre ambos.
No sistema nervoso central existem as chamadassubstâncias cinzenta e branca. A substância cinzenta é formada pelos corpos dos neurônios e a branca, por seus prolongamentos. Com exceção do bulbo e da medula, a substância cinzenta ocorre mais externamente e a substância branca, mais internamente.
Os órgãos do sistema nervoso central são protegidos por estruturas esqueléticas (caixa craniana, protegendo o encéfalo; e coluna vertebral,protegendo a medula - também denominada raque) e por membranas denominadas meninges, situadas sob a proteção esquelética: dura-máter (a externa), aracnóide (a do meio) e pia-máter (a interna). Entre as meninges aracnóide e pia-máter há um espaço preenchido por um líquido denominado líquido cefalorraquidiano ou líquor.

Tecido Nervoso

O tecido nervoso é formado pelos neurônios e pelas células gliais...
tracking img