Em cada caso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1890 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
BIBLIOGRAFIA 1 - CONTABILIDADE BÁSICA - 10 EDIÇÃO
AUTOR: JOSÉ CARLOS MARION

CONCEITO DE RECEITA E DESPESA

A receita corresponde, em geral, a vendas de mercadorias ou prestações de serviços. Ela é refletida no balanço através da entrada de dinheiro no Caixa ( Receita e Vista ) ou entrada em formas de direitos a receber ( Receita a prazo ) - Duplicatas a Receber.
A receita sempre aumentao Ativo embora nem todo o aumento de Ativo signifique Receita (empréstimos bancários, financiamentos etc. aumentam o Caixa-Ativo da empresa, mas não são receitas). Todas as vezes que entrar dinheiro no Caixa através de Receita a vista, recebimentos etc., essa operação será denominada Encaixe.
A Despesa é todo o sacríficio, todo o esforço da empresa para obter Receita. (Todo o consumo de bens ouserviços com o objetivo de obter Receita é um sacrifício, um esforço para a empresa.) Ela é refletida no balanço através de uma redução do Caixa (quando é pago no ato - a vista) ou mediante um aumento de uma dívida) - Passivo (quando a despesa é contraída no presente para ser paga no futuro - a prazo). A despesa pode, ainda, originar-se de outras reduções de Ativo (além do Caixa), como é o casode desgastes de máquinas (depreciação) e outros. Todo o dinheiro que sai do Ciaxa pelo pagamento de uma Despesa ou por outra aplicação qualquer denomina-se Desembolso ou Desencaixe.
Se o Ativo, de forma anormal, inesperada, involuntária, perder a sua capacidade de gerar benefícios, esse fenômeno será denominado perda (por incêndio, roubo, inundações etc.).

REGIME DE COMPETÊNCIA

Este regimeé universalmente adotado, aceito e recomendado pela Teoria da Contabilidade e também pelo Imposto de Renda. Evidencia o resultado da empresa (lucro ou prejuízo) de forma mais adequada e completa. As regras básicas para a contabilidade pelo regime de competência são:
* A receita será contabilizada no período em que for gerada, independetemente do seu recebimento. Assim, se a empresa vendeu a prazoem dezembro do ano T, para receber somente em T2, pelo regime de competência, considera-se que a receita foi gerada em T2; portanto ela pertence (compete) a T1.
* A despesa será contabilizada como tal no período em que for consumida, incorrida, utilizada, independentemente do pagamento. Assim, se em 10 de janeiro de T2 a empresa pagar seus funcionários (que trabalharam em dezembro de T1), adespesa compete a T1, pois nesse período ela incorreu efetivamente.
O lucro será apurado, portanto, considerando-se determinado período, normalmente um ano: toda a despesa gerada no período (mesmo que ainda não tenha sido paga) será subtraída do total da receita, também gerada no mesmo período (mesmo que ainda não tenha sido recebida).

REGIME DE CAIXA
O regime de Caixa, como instrumento deapuração de resultado, é uma forma simplificada de contabilidade, aplicado basicamente às microempresas ou às entidades sem fins lucrativos, tais como igrejas, clubes, sociedades filantrópicas etc.
As regras básicas para contabilidade por esse regime são:
* A receita será contabilizada no momento do seu recebimento, ou seja, quando entrar dinheiro no caixa (encaixe).
* A despesa serácontabilizada no momento do pagamento, ou seja, quando sair dinheiro do caixa (desembolso).
Assim o lucro será apurado subtraindo-se toda a despesa paga (saída de dinheiro do caixa) da receita recebida (entrada de dinheiro no caixa).
Por outro lado, todas as empresas necessitam ter seu fluxo de caixa (Demonstração dos Fluxos de Caixa) como uma das mais importantes "ferramentas " gerenciais.

EFEITO DOLUCRO NO BALANÇO
Como já foi abordado, o lucro apurado pela empresa pertence aos proprietários (investidores), uma vez que são responsáveis pelo negócio. Se houver prejuízo, os proprietários deverão assumi-lo.
Os proprietários, todavia, desejando expandir o negócio, não retiram totalmente o lucro, reinvestindo uma parte (lucros retidos ou lucros acumulados). A parte do lucro distribuída...
tracking img