Eletronica edi

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1157 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Conversores Digital-Analogicos(DA) E Analogico-Digital (AD)
1.1 Conversores Digital-Analogico(AD)
1.1.1 Conversor A/D Básico
 
Um conversor A/D recebe uma tensão analógica de entrada e depois de um certo tempo produz um código digital de saída que representa a entrada analógica. Muitos tipos importantes de conversores A/D possuem um conversor D/A como parte de seus circuitos.
Funcionamentode um conversor:
Um pulso START inicia a operação;
Numa taxa determinada pelo CLOCK, a unidade de controle modifica o valor armazenado no registrador;
O valor binário armazenado no registrador é convertido para uma tensão analógica, Vax, pelo conversor D/A
Podemos dizer que nos conversores A/D Básico,se aplica uma tensão X na entrada(Vcc),e sua saída devera ser numericamente proporcional aentrada;
 
1.1.2 Conversor Digital-Analógico com Amplificador Operacional ( AMP OP)
Características principais do amplificador operacional:
1.       Alta Impedância de entrada.
2.       Baixa Impedância de saída.
3.       Tensão de saída igual a 0 quando as entradas 1 e 2 tiverem a mesma tensão.
Outra característica importante é a saturação de tensão de saída,que na realidade é limitada pelatensão de alimentação do amplificador operacional,fato devido a saturação dos circuitos internos.
Uma importante utilização do amplificador é a de circuito comparador, que executa a comparação de duas tensões, aplicada as entradas inversoras e não inversoras. Quando a tensão de entrada inversora for maior que a outra ,o operacional terá na saída a tensão de -Vcc, pois ocorre a saturação .Quando astensões forem iguais,o operacional apresenta a saída 0.Qualquer diferença faz com que o operacional sature em +Vcc ou -Vcc,pois por menor que seja,é amplificada por um ganho elevado,fazendo assim com que a saída entre em saturação.Essa aplicação do amplificador operacional será utilizada no circuito conversor analógico-digital.
funcionamento do circuito:
Usaremos neste caso Vcc=16V,R0=R=5K,para que na saída tenhamos um valor proporcional a entrada,e adotaremos como nível lógico 1 a tensão de 8 V;

1.1.3 CONVERSOR DIGITAL - ANALÓGICO COM CHAVE SELETORA
Análogo ao conversor anterior, possui em sua entrada um conjunto de portas E, que possuem um terminal de entrada permanente (atuam como chave seletora), ligado em nível lógico 1 (um). Este circuito isola a impedância de saída dodispositivo que será ligado a entrada do conversor, fornecendo menor variação do nível de entrada. A tensão de saida será dada por :

R0 VB VC VD
Vs = - ------ • ( VA + -------- + -------- + -------)
R 2 4 8

1.1.5 CONVERSOR D/A – REDE R-2R -COM AMPLIFICADOR OPERACIONAL
O operador operacional é usado nesse circuito com duas finalidades. A primeira e oferecer uma tensão de saída com fator de proporcionalidade qualquer, independendo da tensão fixada para nível 1, bastando, para isso, modificar o ganho através da relação de resistências. A outra finalidade é o melhor acoplamento do conversor com outros circuitos, pois o operacional isolaa impedância da rede R-2R com a carga. Este conversor também pode ser acoplado no amplificador operacional. Com isso melhora o acoplamento entre este sistema e o restante do circuito. Outra vantagem desse sistema é ganho do sistema.

1.1.6 CONVERSOR D/A R-2R PARA MAIS ALGARISMOS
O código BCD representa números decimais de 0 a 9, a figura a seguir mostra como obter um conversor com mais de umalgarismo, para converter um número decimal de mais de um algarismo, utilizamos os circuitos básicos ampliados para recebermos outros algarismos.
Este conversor tem a vantagem, em relação ao conversor D/A proporcional, de utilizar somente dois valores de resistores.

1.1.7- Conversão de um código qualquer em analógico
1.2 Conversores Analógico Digital ( AD)
1.2.1 Processo de conversão...
tracking img