Eletromagnetismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1357 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Colégio Estadual Guatupê Ensino Médio













EletroMagnetismo














Aluno: Gilmar Marcelo de Brito Junior


Turma: 3ºB


Disciplina: Física


Professor (a): Vilma











São José dos Pinhais,13 de Junho de 2012

Eletromagnetismo



No estudo da Física, o eletromagnetismo (AO 1945: electromagnetismo) é o nome da teoriaunificada desenvolvida por James Maxwell para explicar a relação entre a eletricidade e o magnetismo. Esta teoria baseia-se no conceito de campo eletromagnético.
O campo magnético é resultado do movimento de cargas elétricas, ou seja, é resultado de corrente elétrica. O campo magnético pode resultar em uma força eletromagnética quando associada a ímãs.
A variação do fluxo magnético resulta em umcampo elétrico (fenômeno conhecido por indução eletromagnética, mecanismo utilizado em geradores elétricos, motores e transformadores de tensão). Semelhantemente, a variação de um campo elétrico gera um campo magnético. Devido a essa interdependência entre campo elétrico e campo magnético, faz sentido falar em uma única entidade chamada campo eletromagnético.

|Índice|
|1 História |
|2 A força eletromagnética |
|3 O eletromagnetismo clássico |
|4 O efeito fotoelétrico |
|5 Unidades |
|6 Referências |


HistóriaDesde a Grécia Antiga, fenômenos magnéticos e elétricos são conhecidos. Mas foi somente no início do século XVII que se começaram a realizar conclusões científicas destes fenômenos.[1] Durante estes dois séculos, XVII e XVIII, célebres cientistas como William Gilbert, Otto von Guericke, Stephen Gray, Benjamin Franklin, Alessandro Volta entre outros, dedicaram-se a investigar estes doisfenômenos separadamente e chegando a conclusões coerentes com seus experimentos.
No início do século XIX, Hans Christian Ørsted obteve evidência empírica da relação entre os fenômenos magnéticos e elétricos. A partir daí, os trabalhos de físicos como André-Marie Ampère, William Sturgeon, Joseph Henry, Georg Simon Ohm, Michael Faraday foram unificados por James Clerk Maxwell em 1861 sob equações quedescreviam ambos os fenômenos como um só: o fenômeno eletromagnético.[1]

As chamadas equações de Maxwell demonstravam que os campos elétricos e os campos magnéticos eram manifestações de um só campo eletromagnético. Além disso, descreviam a natureza ondulatória da luz, mostrando-a como uma onda eletromagnética.[2]
Com uma teoria única e consistente, que descrevia os dois fenômenos anteriormentejulgados distintos, os físicos puderam realizar vários experimentos prodigiosos e inventos úteis, como a lâmpada elétrica (Thomas Alva Edison) ou o gerador de corrente alternada (Nikola Tesla).[3] O êxito preditivo da teoria de Maxwell e a busca de uma interpretação coerente das suas implicações foi o que levou Albert Einstein a formular sua teoria da relatividade que se apoiava em alguns resultadosprévios de Hendrik Antoon Lorentz e Henri Poincaré.
Na primeira metade do século XX, com o advento da mecânica quântica, o eletromagnetismo tinha que melhorar sua formulação com o objetivo de que fosse coerente com a nova teoria. Isto se conseguiu na década de 1940 quando se completou a teoria quântica eletromagnética, mais conhecida como eletrodinâmica quântica.
Esta unificação foi uma dasgrandes descobertas da Física no século XIX. Essa descoberta posteriormente levou a um melhor entendimento da natureza da luz, ou seja, pôde-se entender que a luz é uma propagação de uma perturbação eletromagnética, ou melhor dizendo, a luz é uma onda eletromagnética.

A força eletromagnética

A força que um campo eletromagnético exerce sobre cargas elétricas, chamada força eletromagnética, é...
tracking img