Eletricidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 30 (7466 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
| ESCOLA SECUNDÁRIA DE MONSERRATECursos Profissionais | Ano Letivo: 2011/2012Ano: 11 Turma: O |

GUIA DE APRENDIZAGEM

-------------------------------------------------
CURSO PROFISSIONAL TÉCNICO DE
-------------------------------------------------

-------------------------------------------------
INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

| |

Disciplina de | Eletricidade e Eletrónica |

Módulonº | 07 | : | Corrente Alternada Trifásica |

Nome do Professor: | Ricardo Pereira |


Índice
1 Introdução 3
2 Formas da Corrente Elétrica 4
3 Características da Corrente Alternada 5
3.1 Valor Instantâneo - u(t) 5
3.2 Período - T e Frequência - f 6
3.3 Amplitude Máxima - Um 6
3.4 Valor Eficaz - U 6
4 Sistemas Trifásicos 7
4.1 Sistemas Trifásicos versus SistemasMonofásicos 7
4.2 Produção - Alternador Trifásico 8
4.3 Produção - Alternador Trifásico 9
4.4 Alimentação das cargas pelo sistema trifásico 10
4.5 Tensões simples e compostas 11
4.5.1 Ligação em estrela ou Y 14
4.5.2 Ligação em triângulo ou delta () 15
4.6 Ligação dos recetores trifásicos 16
4.6.1 Ligação dos recetores estrela equilibrada 16
4.6.1.1 Ligação dosrecetores estrela equilibrada sem neutro 17
4.6.2 Estrela desequilibrada com neutro. 18
4.6.2.1 Estrela desequilibrada com neutro (falta de uma fase). 19
4.6.3 Estrela desequilibrada sem neutro 20
4.6.3.1 Falta de uma fase 21
4.6.4 Potências em cada carga monofásica 21
4.6.5 Conclusões ligação em estrela 23
4.6.6 Problemas de ligações em estrela 23
4.6.7 Soluções dos problemas deligações em estrela 25
4.6.8 Ligação dos recetores triângulo equilibrado 28
4.6.9 Ligação dos recetores triângulo desequilibrado 29
4.6.9.1 Triângulo desequilibrado (falta de fase) 29
4.6.10 Potências em carga 30
4.6.11 Problemas de ligação em triângulo 31
4.6.12 Soluções dos problemas de ligações em estrela 32
5 Vantagens dos sistemas trifásicos 34

Índice de FigurasFigura 1: Valor instantâneo como projeção do Vetor em rotação 5
Figura 2:Construção de uma sinusóide. 5
Figura 3: Período de uma tensão alternada sinusoidal. 6
Figura 4: Amplitude máxima de uma tensão alternada sinusoidal 6
Figura 5: Valor eficaz de uma tensão alternada sinusoidal. 7
Figura 6: Produção de três f.ems. por meio de um alternador trifásico. 8
Figura 7: Sistema trifásico deforças eletromotrizes induzidas nos enrolamentos do alternador trifásico. 9
Figura 8: Diagrama vetorial de um sistema trifásico de tensões. 9
Figura 9: Alimentação trifásica, feita com seis condutores. 10
Figura 10: Ligação em estrela, com alimentação trifásica feita a quatro condutores (três fases neutro). O retorno é feito pelo condutor neutro. 11
Figura 11: Ligação em triângulo,necessitando apenas de três condutores (três fases). 11
Figura 12: Tensões simples e compostas 12
Figura 13: Representação vetorial das tensões simples e compostas. 12
Figura 14: Fonte trifásica alternada sinusoidal e malhas fictícias. 12
Figura 15: Diagrama vetorial das tensões simples e compostas do sistema trifásico. 13
Figura 16: Diagrama representativo das tensões simples e compostas dosistema trifásico 14
Figura 17: Relação entre tensão de fase e de linha. 14
Figura 18: Análise vetorial da tensão na fase e linha em estrela. 14
Figura 19: Relação entre tensão de fase e de linha em triângulo. 15
Figura 20: Análise vetorial da corrente na fase e linha em triângulo. 16
Figura 21: Carga ligada em estrela com neutro, equilibrada (Z1 = Z2 = Z3 e cos 1= cos 2= cos 3). 17
Figura22: Estrela desequilibrada com neutro – cargas diferentes (Z1≠Z2≠Z3) 18
Figura 23: Diagrama vetorial de uma carga resistiva desequilibrada, com neutro – IN≠0 19
Figura 24: Esquema e diagrama vetorial de uma carga desequilibrada com neutro, com uma fase desligada (l2 = 0). 19
Figura 25: Carga trifásica desequilibrada sem neutro: cargas diferentes 20
Figura 26: Estrela desequilibrada sem...
tracking img