Eletricidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 28 (6889 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Conceitos Básicos de Telecomunicações





Elaborado por: Roberto Giampietro Pagano


Julho/99



TERMINOLOGIA



Velocidade de transmissão – Indica a capacidade de transmissão de dados usando os conceitos bit/byte. É determinado pelo equipamento do cliente e não pelo serviço da Embratel.

Protocolo – É a maneira pela qual o computador transmite seus dados. É a linguagem quepermite a comunicação entre computadores.

Acesso Comutado – É igual ao acesso discado, no qual a ligação com a EBT é feita pela operadora local.

Meios de Transmissão – Definido por conceitos elétricos. A Fibra ótica por exemplo, converte o sinal elétrico em luz e o transmite. O fio de cobre transmite originalmente voz, que é um sinal analógico e se distorce em grandes distâncias. O modemtransforma esse sinal numa forma mais adequada para circular pelo fio. A transmissão também pode ser via rádio.

Multiplex – Canaliza velocidades diferentes que chegam a central e faz um arranjo definindo o que vai sair de forma agregada, mas mantendo a individualidade das ligações pelo que se chama “trem de bits”.

Interface – É a ligação específica entre os equipamentos. A porta é uma interface.Backbone – É a malha de redes da EBT. O cliente também tem backbone.

Transparência – Significa que o meio não atrapalha o protocolo do cliente.

Agregado – Também chamado de banda, se relaciona ao conceito de velocidade de transmissão de dados.

Nó – Ponto de entrada do sinal na rede.

Enlace – Caminho que o sinal segue entre dois nós consecutivos.

Encapsulamento – Adotarprotocolos diferentes, um dentro do outro.

Throughput – Taxa de transmissão de dados reais.
Multiplexação Digital – Permite compatibilizar as velocidades e produzir agregados de sinais das mais diversas naturezas, fazendo com que um mesmo meio possa ser compartilhado por vários canais.

Topologia – É o desenho de uma rede.

Concentração – Recurso em que a fonte fica ativa durante curtos intervalosde tempo e com um certo número de canais. Por exemplo, em média um assinante da rede telefônica só usa o telefone alguns minutos por dia.

Transdata – Serviço que provê circuitos dedicados de dados em baixa velocidade, fim-a-fim, síncronos e assíncronos, está em phase-out com incentivo á migração dos clientes para o Megadata ou Renpac.

Rede E1 – São os pontos de presença da EBT. É a rede desuporte da EBT.

Re-roteamento – Ocorre numa interrupção de acesso, a informação é re-roteada por outra rede.

Modem – dispositivo que é um conjunto modulador (para transmitir) e demodulador (para receber) informações, adequando as velocidades aos requisitos dos meios de transmissão.

Host – Computador ligado a uma rede física. O tamanho de um host varia desde um computador pessoal até umsupercomputador.

Gateway – Computador conectado a mais de uma rede física, responsável pela transmissão de dados entre tais redes.

IP (Internet Protocol) – Protocolo “connectionless”(sem estabelecimento de circuito) da camada “internet” na arquitetura TCP/IP, responsável pela conexão lógica entre as redes.










SISTEMA DE TELECOMUNICAÇÕES


Pode ser definido como o conjuntode técnicas de transmissão a distância, através de recursos tecnológicos da eletricidade e da eletrônica.
(tele = distância + comunicação)












Emissor de Sinal – Engloba todos os equipamentos que tratam o sinal original até compor o sinal elétrico que vai ser enviado pelo meio de transmissão.

Receptor de Sinal – Tem função inversa. Capta o sinal e trata-o para entregar aousuário.



Comunicação Analógica







A ligação é realizada pela conexão de trechos menores de transmissão atravé de centrais de comutação (acesso discado). As centrais locais (CL) são as que os assinantes são diretamente ligados. As centrais tandem (CTd) ligam entre si centrais locais na área urbana. As centrais de trânsito (CTr) fazem ligações com meios interurbanos.

A...
tracking img