Ela muito bom arquivo encontrado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3220 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
TIPO DE PROJETO: Proposta de Ações Acadêmicas Associadas, contemplando atividades nas três dimensões acadêmicas: ensino, pesquisa e extensão. TÍTULO: Nutrição na Esclerose Lateral Amiotrófica UNIDADE: Departamento de Nutrição (DNUT) e Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL) CENTRO: Centro de Ciências da Saúde PERÍODO DO PROJETO: Janeiro de 2011 a Dezembro de 2011 PALAVRAS-CHAVE: Nutrição;Esclerose Lateral Amiotrófica; Avaliação Nutricional; Nutrição Enteral. E-MAIL: ludl10@hotmail.com CATEGORIA: Projeto de Ações Acadêmicas Associadas (Ensino/Pesquisa/Extensão) ÁREA DE CONHECIMENTO: Ciências da Saúde; Nutrição; Neurologia. RESUMO: O presente projeto visa melhorar a qualidade do ensino sobre Terapia Nutricional Enteral (TNE) para os alunos do Curso de Nutrição. O AmbulatórioMultidisciplinar para Atendimento de Portadores de Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA), ocorrente no Hospital Universitário Onofre Lopes (Ambulatório ELA/HUOL), servirá como cenário de atuação multiprofissional e interdisciplinar, e permitirá discussões práticas sobre a nutrição enteral, via alimentar comum nesses pacientes. O referido ambulatório também será alvo para as atividades de extensão e pesquisapropostas, fortalecendo a indissociação das ações acadêmicas. Quanto à extensão, será realizada assistência nutricional aos pacientes, além de evento anual abordando aspectos importantes da nutrição na ELA. Quanto à pesquisa, pretende-se verificar a influência da intervenção nutricional sobre o estado nutricional e o quadro clínico

evolutivo dos portadores de ELA. Esse projeto contará com aparticipação de 01 bolsista de monitoria, 01 bolsista de iniciação científica e 01 bolsista de extensão. INTRODUÇÃO E JUSTIFICATIVA PARA EXECUÇÃO DO PROJETO: A Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) é uma doença neurodegenerativa que afeta os neurônios motores superior e inferior (Sathasivam, 2009). Apresenta incidência de 1 a 2 casos/100.000 habitantes/ano, com discreta freqüência maior no sexomasculino e maior ocorrência entre 55 e 75 anos de idade (Mitchell, Borasio, 2007). A patogênese da ELA ainda não está totalmente esclarecida e seu diagnóstico é clínico, com sobrevida estimada de 3 a 5 anos (Turner et al., 2009). Apesar de não haver cura para essa enfermidade, existem tratamentos paliativos que visam minimizar os sintomas, melhorar a qualidade de vida e aumentar a sobrevida do paciente.Na ELA, o estado nutricional é um fator independente para o prognóstico (Desport et al., 1999). A desnutrição ocorre em 16 a 50% dos pacientes (Desport et al., 2000). É causada pela baixa ingestão alimentar, pelo aumento gasto energético e por possíveis prejuízos na absorção de nutrientes (Bouteloup et al., 2009). Como conseqüência, a desnutrição nos pacientes com ELA exacerba o catabolismo e aatrofia dos músculos; suprime o sistema imunológico; contribui para infecção; prejudica a resposta aos tratamentos recebidos; e diminui a sobrevida (Rosenfeld, Ellis, 2008). O tratamento nutricional específico tem sido valorizado nos portadores de ELA. Todavia, a literatura mostra que a assistência multidisciplinar é necessária, sendo capaz de melhorar o prognóstico e aumentar a sobrevida dospacientes em 7,5 meses (Traynor et al., 2003). Devido à complexidade do diagnóstico e tratamento da ELA, a portaria Nº 913 de 25 de novembro de 2002, do Ministério da Saúde (Brasil, 2002) recomenda a criação de Centros de Referência em Assistência aos Portadores de ELA. Com esse respaldo, iniciou-se, em julho de 2007, o projeto de extensão “Ambulatório Multidisciplinar para Atendimento de Portadores deDNM/ELA”. No início havia apenas 6 pacientes cadastrados, hoje esse número aumentou para 40. A ELA é um patologia modelo que permite o acompanhamento de diferentes prescrições dietéticas, quanto à consistência e à via de alimentação. Devido à disfagia, os portadores de ELA involuem sua dieta, perpassando pelas dietas geral, branda, pastosa e líquida, e regridem a via de alimentação oral para a...
tracking img