Eja em ciencias

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1113 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Atividade extra classe aluna Fabiola Costalonga




1-Com base na citação do autor Moacir Gadotti(2000) que, “[...] o conhecimento é o grande capital da humanidade. Não é apenas o capital da transnacional que precisa dele para a inovação tecnológica. Ele é básico para a sobrevivência de todos e, por isso, não deve ser vendido ou comprado, mas sim disponibilizado a todos. Esta é a funçãode instituições que se dedicam ao conhecimento apoiado nos avanços tecnológicos”. Como o conhecimento deve ser apresentado a todos? Qual o papel social da instituição escola neste processo?

O conhecimento deve beneficiar a natureza humana de investigar, formular e resolver problemas. Assim, o conhecimento só é o maior capital da humanidade, quando vem acompanhado do pensamento crítico. É issoque possibilita ao ser humano usar tal conhecimento em suas reflexões e em todas as facetas de sua vida. O ideal seria que, além da escola, o conhecimento crítico estivesse disponível em vários campos na sociedade. As instituições de saúde, bem como cultura e lazer, e até mesmo os entretenimentos televisivos deveriam estimular as reflexões críticas. Infelizmente, é comum perceber, principalmenteno último item, exatamente o contrário: simplesmente entretêm, distraem, iludem, alienam, desviando o foco da população das questões realmente importantes.

Mas e a escola? É duro ver que a própria escola insiste em definir conhecimento como: transferência de ensinamentos. Mas, o invés disso, o papel da escola é criar recursos para que cada aluno construa ou produza seu próprio conhecimento,e se torne um cidadão crítico. O conhecimento de ensinamentos isolados é insuficiente. Ensinamentos bem explicados e entendidos trazem inteligibilidade, condição necessária, mas não suficiente para o conhecimento. Podemos refletir sobre isso com a fala de Edgard Morin, quando diz: “Se vejo uma criança chorando, vou compreendê-la, não por medir o grau de salinidade de suas lágrimas, mas porbuscar em mim minhas aflições infantis, identificando-a comigo e identificando-me com ela.” Assim, o papel da escola não é depositar informações, como que por ensinar a “salinidade das lágrimas”. É preciso mostrar como tais informações em conjunto formam o conhecimento, o porquê desse conhecimento e como esse conhecimento pode e deve ser usado na prática. Dessa forma, acho pertinentes as palavras doprofessor Paulo Freire, quando diz: “Não posso ser professor sem me achar capacitado para ensinar certo e bem os conteúdos de minha disciplina. Não posso, por outro lado, reduzir minha prática docente ao puro ensino daqueles conteúdos”. Assim, é dever da escola ensinar bem e corretamente os “conhecimentos” didáticos. Mas sua função não se resume a isso. É preciso também que a escola estimule osalunos a continuar se perguntando, criando questionamentos, induzindo a reflexão e a crítica. E, acima de tudo, possibilitando que o conhecimento não seja meramente uma reserva intelectual, mas antes uma ferramenta para mudar vidas.

2-Com os avanços tecnológicos da sociedade e suas implicações na história da educação, quais os desafios da educação brasileira atual que poderíamos elencar?Levante pelo menos 10 desafios.

Com os avanços tecnológicos e suas implicações, novos desafios vêm à tona, e uns deles são:

• As tecnologias se avançam constantemente. A escola continua igual.

Em todas as escalas da sociedade percebemos a grande predominância das novas tecnologias. Hoje, podemos observar que até mesmo entre os menos privilegiados financeiramente, existemaparelhos de televisão, bem como DVD, etc. Além disso, é comum vermos consultórios médicos, dentistas – e até mesmo algumas linhas de ônibus - superequipados com aparelhos tecnológicos e de última geração. Mas e se formos falar da escola? Sim, ela continua a mesma. Se formos falar das metodologias então... Fica claro que um grande desafio para professores e alunos é ficar paralisados na mesmice...
tracking img