Eixo arvore

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 32 (7852 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de dezembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
TOLERÂNCIAS GEOMÉTRICAS
 
( AS TOLERÂNCIAS ASSOCIADAS À GEOMETRIA DAS PEÇAS DEVEM SER DEFINIDAS QUANDO:
 
•          AS TOLERÂNCIAS DIMENSIONAIS NÃO FORAM SUFICIENTES PELAS NECESSIDADES E EXIGÊNCIAS DO PROJETO
•          HOUVER PROCESSOS DE FABRICAÇÃO E DISPONIBILIDADE DE EQUIPAMENTOS
•          OS CUSTOS DE FABRICAÇÃO FOREM COMPATÍVEIS AOS CUSTOS DO PRODUTO
  
POR EXEMPLO, PARA UM EIXO DE DIÂMETRO
59,10/59,80 TEM-SE AS SEGUINTES SITUAÇÕES:
 
[pic]
ASSIM, SE A FALTA DE LINEARIDADE CAUSAR UM PROBLEMA NA MONTAGEM, ENTÃO DEVE SER INDICADO UMA TOLERÂNCIA GEOMÉTRICA DE RETILINEIDADE.
 
 
OUTRO EXEMPLO:
ROLAMENTOS INA (http://www.ina.com/) INDICA AS SEGUINTES TOLERÂNCIAS GEOMÉTRICAS PARA ASSENTOS DEROLAMENTOS:
 
 
[pic]
 
CLASSE DE TOLERÂNCIA DO ROLAMENTO
SUPERFÍCIE DE ASSENTO
TOLERÂNCIA DIMENSIONAL
TOLERÂNCIA DE CIRCULARIDADE

t1

TOLERÂNCIA DE PARALELISMO

t2
TOLERÂNCIA DE BATIMENTO AXIAL

t3

PN
EIXO
IT 6 (IT 5)
CARGA ROTATIVA
IT 4/2
IT 4
IT 4

CARGA FIXA
IT 5/2
IT 5

CAIXA
IT 7 (IT 6)
CARGA ROTATIVA
IT 5/2
IT 5
IT 5

CARGA FIXA
IT6/2
IT 6

 
 
 
( AS TOLERÂNCIAS GEOMÉTRICAS PODEM SER
ASSOCIADAS A DESVIOS:
 
( MACROGEOMÉTRICOS: RETILINEIDADE,
CIRCULARIDADE, CILINDRICIDADE, PLANEZA
 
( MICROGEOMÉTRICOS: RUGOSIDADE
 
 
( AS TOLERÂNCIAS GEOMÉTRICAS SÃO DEFINIDAS PELA
NORMA ABNT NBR 6409 (TOLERÂNCIAS DE FORMA E DE
POSIÇÃO) E PELA NORMA ABNT NBR 6405(RUGOSIDADE
DAS SUPERFÍCIES) BASEADAS NAS NORMAS DIN 620 E
7184).
 
( AS TOLERÂNCIAS GEOMÉTRICAS SÃO CLASSIFICADAS
COMO:
 
•          TOLERÂNCIAS DE FORMA
•          TOLERÂNCIAS DE POSIÇÃO
 
 
TOLERÂNCIAS DE FORMA
 
( AS TOLERÂNCIAS GEOMÉTRICAS DE FORMA ESTÃO
ASSOCIADAS AOS DESVIOS ADMISSÍVEIS NA GEOMETRIA
DE UMA PEÇA
 
( ESSAS TOLERÂNCIAS SÃOREPRESENTADAS POR:
 
[pic]
 
 
 
[pic] TOLERÂNCIA DE RETILINEIDADE DE UM EIXO OU
CONTORNO
 
EXEMPLOS: EIXOS QUE DEVEM TRABALHAR COMO GUIAS PRECISAS
 

[pic]
 
 

[pic]
 
 
 
[pic] TOLERÂNCIA DE PLANEZA DE UMA SUPERFÍCIE
 
EXEMPLO: SUPERFÍCIES QUE DEVEM GARANTIR VEDAÇÃO
 

[pic]
 
 
 
 
[pic] TOLERÂNCIA DE CIRCULARIDADE DE UMA LINHA OUCONTORNO
 
EXEMPLO: ASSENTO DE MANCAL DE ROLAMENTO
 

[pic]
 
 
 
 
[pic] TOLERÂNCIA DE CILINDRICIDADE DE UMA
SUPERFÍCIE
 
EXEMPLO: COLUNA GUIA COM AJUSTE DESLIZANTE
 

[pic]
 
 
 
[pic] TOLERÂNCIA DE FORMA DE UM PERFIL QUALQUER

EXEMPLO: PERFIL DE UM CAME
 

[pic]
 
 
[pic] TOLERÂNCIA DE FORMA DE UMA SUPERFÍCIEQUALQUER
 
EXEMPLO: SUPERFÍCIE DO ROTOR DO MOTOR WANKEL
 
[pic]
 
 
 
 
 
 
 
TOLERÂNCIAS DE POSIÇÃO
 
( AS TOLERÂNCIAS GEOMÉTRICAS DE POSIÇÃO ESTÃO
ASSOCIADAS AOS DESVIOS ADMISSÍVEIS ORIENTAÇÃO, POSIÇÃO E BATIMENTO DOS COMPONENTES GEOMÉTRICOS DE UMA PEÇA
 
( ESSAS TOLERÂNCIAS DEVEM SER INDICADAS SEMPRE EM RELAÇÃO A UMA REFERÊNCIA DA PRÓPRIA PEÇA COTADA
 
(ESSAS TOLERÂNCIAS SÃO REPRESENTADAS POR:
 
[pic]
 
 
 
[pic] TOLERÂNCIA DE PARALELISMO
 
EXEMPLO: FUROS PARA ASSENTOS DE DOIS ROLAMENTOS
 

[pic]
 
 
 
 
[pic] TOLERÂNCIA DE PERPENDICULARIDADE
 
EXEMPLO: SUPERFÍCIES PARA APOIOS LATERAIS DE ROLAMENTOS
 

[pic]
 
 
[pic] TOLERÂNCIA DE INCLINAÇÃO
 

[pic]
 
 
 
[pic] TOLERÂNCIA DE LOCALIZAÇÃO
 
EXEMPLO: POSIÇÃODE FUROS EM MONTAGEM DE CARCAÇAS
 

[pic]
 
[pic] TOLERÂNCIA DE SIMETRIA
 
EXEMPLO: RASGOS DE CHAVETAS EM EIXOS E ENGRENAGENS
 

[pic]
 
 
[pic] TOLERÂNCIA DE CONCENTRICIDADE e
COAXILIDADE
 
EXEMPLO: ASSENTOS DE DOIS ROLAMENTOS NUM MESMO EIXO
 

[pic]
 
 
[pic] TOLERÂNCIA DE BATIMENTO RADIAL
 

[pic]
 
 

[pic] | | ...
tracking img