Egologismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (259 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Egologismo é a escola de pensamento jurídico argentina fundada por carlos cossio. Ele se baseia na construção de uma normatividade jurídica a partir daanálise da relação sujeito existencial com a norma, frisando que direito é a tutela da conduta humana em sociedade, conduta objetivada em atos e tutelável peloestado. Para cossio, deve-se frisar a análise da conduta humana na normatividade, da conduta como meio de se formar a norma jurídica, que não existe emabstrato, mas apenas na relação com a pessoa tutelada.

O termo egologismo remete exatamente à análise, pelo direito, da natureza humana em sua esfera do eu, daegoidade, prtanto, da existência concreta do homem em sociedade.

O egologismo é uma manifestação da fenomenologia existencialista no direito. Cossiodebateu longamente com kelsen, pois este era um neokantiano positivista e para ele a normatividade construia-se a despeito da análise a priori da conduta, e paracossio o sujeito humano em suas especificidades existenciais seria elemento imprescindível na construtividade da norma jurídica.

Outra esfera do debatede cossio com kelsen advém da natureza do juízo da normatividade, se seria disjuntivo, posição de cossio, ou seja: dado a deve ou nao ser b, ou se o juízoseria conjuntivo, como para kelsen, dado a deve ser c, se nao c, deve haver sanção b.

Cosio teve inúmeros discípulos, como aftalion, que divulgaramprincipalmente na argentina suas idéias.

O egologismo foi uma escola de pensamento que proliferou basicamente na américa latina e no mundo hispânico em geral.
tracking img