Egito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1716 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
3º TRABALHO DE HISTÓRIA – PROFESSOR ANDRÉ
DATA: 01/03/2012
ROBERT FURNEAUX JORDAN
“HISTÓRIA DA ARQUITETURA NO OCIDENTE”
INTRODUÇÃO – EGITO
O homem pré-histórico espalhou-se por quase todo o mundo, se organizava em tribos e seguiam em busca de sobrevivência, caçando e pescando: nômades e portanto nunca fundou a cidade.
A arquitetura nasce quando o homem se fixa não no centro, mas nosgrandes vales e deltas dos rios, onde as terras eram férteis, fazendo construções de junco. Foram achadas culturas nos vales dos rios Tigre e do Eufrates, na Mesopotâmia; do Nilo, no Egito; do Índio, no noroeste da Índia; e do Iang Tse, na China. Todos tinham em comum o domínio da irrigação. Esses vales eram inundados, sobretudo o do Nilo na época do degelo nas montanhas mais distantes. Carregada deIodo, penetrava nas planícies depositando seu precioso sedimento. Quando aprenderam a controlar esse Iodo através de diques, valas e noras, as sementeiras começaram a produzir 100 vezes mais. Um só homem conseguia produzir cereais para muitos, deixando os outros disponíveis para outras tarefas. E inclusive, abandonar os campos e aglomerar-se em cidades. Portanto: excedente alimentar →condição para adivisão social do trabalho →origem das cidades.
Nas cidades além de reis e sacerdotes surgiram juristas, escribas, sábios, astrônomos e matemáticos, prostitutas e atores, mercadores, oleiros (fabricantes de objetos de barro), arquitetos. As ideias, técnicas podem ser permutadas e vendidas. Foi o princípio de todas as coisas.
O Egito fundou a primeira nação no vale do rio Nilo, fonte de toda avida. As regularidades do sol, da lua, das estrelas eram a fertilidade e a sepultura. E com temor dessas coisas, os egípcios criaram a hierarquia dos seus deuses e sua religião, nascendo assim a arte e a arquitetura. Viviam lá do nascimento até a morte.
Os faraós eram deificados (endeusados), outros deuses com cabeças de animais eram alguns dos aspectos da complicada teologia egípcia. O aspectomais importante era a crença de que a preservação do corpo após a morte consistia na imortalidade. E os privilegiados eram os das castas aristocrática e sacerdotal. Acreditavam que o Ka ou espírito regressaria novamente ao seu corpo. O embalsamamento foi uma das ciências mais importantes do mundo.
O fundamento da arquitetura egípcia era túmulo tinha que ser impenetrável. Juntamente com o cadáverficavam os bens, suas mulheres, mobília, alimentos e as joias.
À parte as mastabas (banco na língua árabe) pré-historicas das I –III dinastias do período arcaico 3200 – 2700 a.C. estavam situadas perto de Menfis. De pequenas dimensões, tinham os lados recortados em degraus e o topo plano. Eram feitas de adobe ou de pedra, e eram quase maciças, pois havia uma série de divisões, incluindo a câmerafunerária que continha o sarcófago do defunto e todos os seus bens. Do lado de fora havia uma reentrância onde estava simulada uma porta falsa, para que o Ka regressasse ao corpo. Na reentrância o sacerdote fazia as orações pelo repouso do espírito.
A mastaba era revestida de blocos de pedra calcária trazidas das montanhas do vale do Nilo. Exigiram cálculos matemáticos e transporte e trabalhoorganizados. Eram cortadas com toda a precisão com ferramentas de metal, acordo com o lugar que ocupariam nas paredes inclinadas. Esse corte preciso deu origem a tradição da alvenaria em toda a arquitetura europeia.

O templo de Luxor (acima), Tebas, na margem leste do rio Nilo, foi iniciado no ano de 1200 a.C. e foi concluído durante as dinastias seguintes. Esteve unido ao templo de Karnak por umaavenida de 3,5 km de extensão, adornada com centenas de esfinges. Uma vez por ano, a imagem do deus Amon era transportada por barco de Karnak a Luxor, como parte de um enorme festival.
A primeira pirâmide foi construída por volta de 2680 a.C., em Sacará, entre Menfis e o Nilo. Sua forma não era bem piramidal, porém foi um desenvolvimento colossal da mastaba. Um duplo trono simbolizava o...
tracking img