Efeito tesoura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1853 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO....................................................................................02
2. O EFEITO TESOURA.........................................................................03
3. TABELA................................................................................................06
4.RELATÓRIO........................................................................................07
5. CONCLUSÃO.......................................................................................08
6. REFERÊNCIAS BIBLIOGRAFICAS................................................09




























1. INTRODUÇÃO
Este trabalho irá explicar o Efeito Tesoura, e para isso, primeiramente fala-se sinteticamente arespeito de riscos na estrutura organizacional. Em seguida, serão conceituadas algumas das mais relevantes variáveis das quais este efeito abrange, são elas: O Ciclo Financeiro, o Capital de Giro, a Necessidade de Capital de Giro e a Tesouraria. Por fim, será feita uma análise de um Balanço Patrimonial fictício onde ocorreu este fenômeno.2. O EFEITO TESOURA
Os empresários tem como característica comum, serem intuitivos no que tange aos riscos em que se envolvem dentro de seus negócios e são nestas circunstâncias em que surge, ou deveria surgir, o empreendedor neles, o qual faz ponderações e considerações acerca de suas escolhas, pois se trata de riscos dos quais apenas serão evidenciados positivamente através dos lucrosdas operações em determinado período e com isso garantir o bom funcionamento da organização de modo que esta se auto-financie.
O retorno financeiro em relação ao investimento realizado é o que irá proporcionar ao empresário a intensidade do risco assumido, sendo assim, neste contexto, entende-se por risco: a possibilidade que a empresa tem de não obter o lucro necessário para cobrir suasdespesas financeiras. Porém atualmente, são estes riscos, quando bem sucedidos, que promovem o desenvolvimento das empresas que estão tendo sucesso. Os empresários mais conservadores em relação a se ariscar no mercado, teem como consequência ter que manter suas estruturas organizacionais com pesados custos fixos e quando ocorre, por exemplo, quedas nas vendas, costumam reduzir seus custos fixos comsignificativos cortes de pessoal, é o chamado downsizing. Este fato, muitas vezes, se dá em razão do empresário que não está disposto em aumentar o desempenho de sua empresa através de financiamentos a terceiros, o que é muito compreensível, pois os juros são extremamente altos.
É aqui que começamos a tratar do “efeito tesoura”, porém antes deve-se entender o conceito das variáveis que oinfluenciam, que são: O Ciclo Financeiro, o Capital de Giro, a Necessidade de Capital de Giro e o Saldo de Tesouraria.
O Ciclo Financeiro, “também conhecido como Ciclo de caixa é o tempo entre o pagamento a fornecedores e o recebimento das vendas. Quanto maior o poder de negociação da empresa com fornecedores, menor o ciclo financeiro”. (ZANHUCA, J.S.). O Ciclo Financeiro é calculado a partirdo ciclo operacional menos o prazo médio de pagamento a fornecedores.
O ideal para uma empresa, para evitar o efeito tesoura, é sempre buscar alternativas que façam o ciclo financeiro ser deduzido, isso porque, com ciclos reduzidos aumenta-se o giro de negócios, proporcionando maiores retornos sobre os investimentos.
“Capital de Giro é a parcela dos recursos que a empresa possuidisponível para aplicações. Constitui-se no fundamento básico da avaliação do equilíbrio financeiro de uma empresa. Pela análise de seus elementos patrimoniais são identificados os prazos operacionais, o volume de recursos permanentes (longo prazo) que se encontra financiando o giro, e as necessidades de investimento operacional.” (Contabilidade Gerencial e de Custos. P 04. Prof. M.R. Santana)....
tracking img