Educacao nos dias de hoje

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1019 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Dalva Dias – Pedagoga Especialista em Gestão Escolar e Psicopedagogia A presente resenha estrutura-se em descrever criticamente o direito a educação no Brasil. Faz uma analise na busca de conquistas de reformas educativas para uma pedagogia que promova a qualidade do ensino com participação crítica em busca de uma sociedade inclusiva justa e igualitária. Para isso, reza a Constituição brasileiraque a educação é um direito de todo cidadão. Sendo assim, toda criança e todo jovem têm direito ao acesso à educação de qualidade. Sabemos que o desenvolvimento de um país tem como alicerce a educação que este oferece a suas crianças e a seus jovens, pois é por meio dela que se constroem não apenas profissionais, mas cidadãos plenos. O direito à educação é uma conquista resultante de conflitos,lutas e acordos que vêm se processando gradativamente. Suas origens referem-se à Declaração de Direitos do homem e do cidadão, e em seu artigo XXII, registra-se que “a instrução é necessidade de todos”. E cabe a sociedade prover a todos os cidadãos um ensino público de qualidade que é uma necessidade e um desafio fundamental. Há, atualmente, claro reconhecimento mundial e social de sua importânciapara o mundo do trabalho, para o desempenho da economia e para o desenvolvimento técnico-científico. Esse reconhecimento tem sido transformado em reformas e em políticas educacionais em vários países. O Brasil tem experimentado, desde o início da década de 90, amplo processo de ajuste do sistema educativo. Todavia, esse reconhecimento e esse empreendimento, especialmente no governo de FernandoHenrique Cardoso, deram-se de acordo com uma lógica economicista, cujo projeto educativo tem por objetivo adequar a educação escolar às novas demandas e exigências do mercado. Nesse sentido, a educação no Brasil assume a perspectiva de mercadoria ou serviço que se compra, e não de um direito universal, o que a leva a tornar-se competitiva, fragmentada, dualizada e seletiva social e culturalmente. Emtodas as reformas educativas, a questão da qualidade aparece como tema central. Na realidade, o direito à educação busca um novo paradigma, que estabelece uma pedagogia da qualidade. Mas esta não pode ser tratada nos parâmetros da qualidade economicista. A escola não é uma empresa. O aluno não é cliente da escola, mas parte dela. Segundo (Silva, 1995) “é sujeito que aprende, que constrói seu saber,que direciona seu projeto de vida”. Além disso, o direito à educação implica formação voltada para a cidadania, para a formação de valores– valorização da vida humana em todas as dimensões. Isso significa que a instituição escolar não produz mercadorias. Ela lida com pessoas, valores, tradições, crenças, opções. Escola não é fábrica, mas formação humana. Ela não pode ignorar o contexto político eeconômico; no entanto, não pode estar subordinada ao modelo econômico e a serviço dele. Deve-se inferir, portanto, que a educação de qualidade é aquela mediante a qual a escola promove, para todos o domínio dos conhecimentos e o desenvolvimento de capacidades cognitivas e afetivas indispensáveis ao atendimento de necessidades individuais e sociais dos alunos, bem como a inserção no mundo e aconstituição da cidadania também como poder de participação, tendo em vista a construção de uma sociedade mais justa e igualitária. Qualidade é, pois, conceito implícito à educação e ao ensino. O direito à educação deve ser entendido como fator de realização da cidadania, com padrões de qualidade da oferta e do produto, na luta contra a superação das desigualdades sociais e da exclusão social. Nestesentido, a articulação da escola com o mundo do trabalho torna-se a possibilidade de realização da cidadania, pela incorporação de conhecimentos, de habilidades técnicas, de novas formas de solidariedade social, de vinculação entre trabalho pedagógico e lutas sociais pela democratização do Estado. No contexto da sociedade contemporânea, o direito à educação tem tríplice responsabilidade: ser...
tracking img