Educação e diversidade

Páginas: 23 (5613 palavras) Publicado: 3 de abril de 2011
DESEMPENHO ESCOLAR E GÊNERO: UM ESTUDO COM PROFESSORAS DE SÉRIES INICIAIS
DAL IGNA, Maria Cláudia – UFRGS
GE: Gênero, sexualidade e educação / n.23
Agência Financiadora: CAPES

Este artigo desdobra-se de uma pesquisa de dissertação de mestrado desenvolvida desde a perspectiva dos estudos de gênero e dos estudos culturais, articulados com o pós-estruturalismo de Michel Foucault. Naarticulação desses campos, analisei alguns dos modos como o gênero atravessa (é incorporado e mobilizado) e constitui o discurso pedagógico que, articulado com outros discursos, define e regula o que se entende por desempenho escolar nos anos iniciais de escolarização. Para compor meu corpus de pesquisa, construí uma metodologia de investigação, que intitulei de Grupo de discussão, com professoras de sériesiniciais das redes municipal e estadual de ensino da cidade de São Leopoldo/RS. Explorei o material empírico produzido no contexto desse grupo1 valendo-me dos pressupostos da análise de discurso foucaultiana e utilizando como ferramentas analíticas os conceitos de discurso, gênero, linguagem, poder e norma, dentre outros.
A trama das ferramentas com os materiais possibilitou-me argumentar que adefinição da noção de desempenho escolar está relacionada com a instauração de um conjunto de normatividades que permitem às PPs2 avaliar todos e todas – comparar, diferenciar, classificar –, regulando e conformando aquilo que entendemos por desempenho escolar normativo. O exame do conteúdo da noção de desempenho escolar permitiu-me também analisar como o gênero o atravessa e dimensiona. Passoagora a sintetizar as análises realizadas sobre essa questão.

“Não vejo diferença nenhuma”: a produção de diferenças e desigualdades de gênero

Considerando-se as normas de conhecimento e de comportamento acionadas para avaliar os desempenhos, é possível afirmar que o processo de diferenciação dos desempenhos ficou menos visível quando as PPs recorriam às normas de conhecimento em suas falas,argumentando não haver diferenças ou apontando a impossibilidade de constatá-las3.

MC – [Retomo a questão do conhecimento vista nos encontros anteriores.] Com isso que vocês estão trazendo, da leitura, da concentração, da capacidade verbal, seria possível pensar que existem diferenças nas dificuldades apresentadas pelos meninos e pelas meninas?
Beatriz – [...] Nas turmas que eu tenho, e achoque também nas outras, não dá para dizer... porque as diferenças sociais também são muitas. Então, não dá para fazer um diagnóstico tão exato assim. Pelo menos eu não consigo fazer. [...] Porque a gente trabalha com conhecimentos básicos e iguais... Porque a gente trata eles igual, como foi dito ali, então a gente não faz um trabalho objetivando descobrir essas diferenças. [...]
Deise – Eu tambémnão consigo, assim... fazer essa diferença. Essas características bem distintas de um sexo ou outro.
Encontro V – 21 de junho de 2004.

Beatriz – A questão do conhecimento. O que se trabalha, no caso, é como também está dito no documentário, a gente trabalha com conhecimentos iguais, porque a gente tem uma turma, a gente não vai fazer atividades diferenciadas para os meninos e para asmeninas, não é...
MC – Essa é uma questão interessante...
Sílvia – Ah, é...
Beatriz – ... a gente não faz. Por quê? O que existe? Existe um plano de curso, as exigências de que o professor tem que dar contar, fazer as crianças saberem aquilo, então, tu trabalhas igual. [...]
Encontro V – 21 de junho de 2004.


As falas indicam que as PPs justificam sua dificuldade em referir as diferenças dedesempenho entre meninos e meninas de muitas formas. Uma delas está relacionada com noções de neutralidade e imparcialidade mobilizadas para definir suas práticas. As atividades são as mesmas, os conhecimentos exigidos são os mesmos para meninos e meninas – leitura, escrita, noções de matemática –, um conhecimento naturalizado como desde sempre “lá”, no plano de curso. E aqui é interessante...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Diversidade na educação
  • Educação e diversidade
  • Educação e Diversidade
  • Educaçao e diversidade
  • Educação e diversidade
  • Educação e diversidade
  • Educação e Diversidade
  • Educação de diversidade

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!