Educação e cultura na era vargas

Trabalho do 9° ano
Educação e cultura na era vargas

1. Introdução
Getúlio Vargas assumiu o poder em 1930, após comandar a Revolução de 1930, que derrubou o governo de Washington Luís. Seusquinze anos de governo seguintes caracterizaram-se pelo nacionalismo epopulismo. Sob seu governo foi promulgada a Constituição de 1934. Fecha o Congresso Nacional em 1937, instala o Estado Novo e passa agovernar com poderes ditatoriais. Sua forma de governo passa a ser centralizadora e controladora. Criou o DIP (Departamento de Imprensa e Propaganda) para controlar e censurar manifestaçõescontrárias ao seu governo.
Perseguiu opositores políticos, principalmente partidários do comunismo. Vargas criou a Justiça do Trabalho (1939) instituiu o salário mínimo, a Consolidação das Leis do Trabalho,também conhecida por CLT. Os direitos trabalhistas também são frutos de seu governo: carteira profissional, semana de trabalho de 48 horas e as férias remuneradas. GV investiu muito na área deinfraestrutura, criando a Companhia Siderúrgica Nacional (1940), a Vale do Rio Doce (1942), e a Hidrelétrica do Vale do São Francisco (1945). Em 1938, criou o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia eEstatística). Saiu do governo em 1945, após um golpe militar. Getúlio implantou no país um novo estilo político - O POPULISMO - e um modelo econômico baseado no intervencionismo estatal objetivandodesenvolver um capitalismo industrial nacional (processo de substituição de importações). Caracteriza-se pelo contato direto da liderança e o povo. Através dele, Getúlio lutou contra as oligarquias, manteve opovo sob controle assumindo uma imagem paternalista e consolidou a indústria dentro de um esquema intervencionista. Não se tratava de povo no governo, mas de manipulação do povo para benefício dopróprio líder carismático e das elites possuidoras.
Esse trabalho tem por enfoque educação e cultura na era Vargas
2.O que significa ser brasileiro?
Instalada a Assembléia Constituinte, a nova...