Educação física e o conceito de cultura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4312 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]

Discentes: Liliam dos Santos Lopes

Patrick Vaillan Araújo

Romário Lopes dos Santos

A IMPORTÂNCIA DOS CONHECIMENTOS DE BIOQUÍMICA E FISIOLOGIA PARA A FORMAÇÃO DO LICENCIADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA .

Trabalho deConclusão de Curso, apresentado ao Curso de Licenciatura Plena em Educação Física, da Associação Brasileira de Ensino Universitário, para obtenção do título de Professor de Educação Física.

Orientador: Drª Erica Kopp

Belford Roxo

20/10/2010

A IMPORTÂNCIA DOS CONHECIMENTOS DE BIOQUÍMICA E FISIOLOGIA PARA A FORMAÇÃO DO LICENCIADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA.

ResumoA prática da educação física escolar é obrigatória em todo território nacional. O principal objetivo de prescrever atividades físicas para a criança é criar hábito e desenvolver interesse pela atividade física, priorizando os aspectos lúdicos.

Porém existem particularidades da bioquímica e da fisiologia do exercício em crianças, ainda em crescimento e desenvolvimento, que asdiferem dos adultos: (i) consumo máximo de oxigênio (VO2 máx.) na criança diminuído. (ii) capacidade reduzida de produção de lactato. (iii) potencial de tamponamento de acidose muscular na criança reduzido; (iv) maior tendência a desidratação durante exercícios físicos.

Este estudo tem por objetivo apresentar uma investigação dos conhecimentos específicos de bioquímica e fisiologia dacriança, inclusive com distúrbios crescentes na nossa sociedade como a obesidade, na formação do licenciado em educação física.

A investigação foi realizada através da análise das matrizes curriculares dos cursos de licenciatura no Estado do Rio de Janeiro disponíveis na mídia eletrônica e das legislações nacionais vigentes que regem o curso de licenciatura em educação física.

A maioriadas matrizes curriculares dos cursos de licenciatura em educação física no Estado do Rio de Janeiro destina menos de 3% da carga horária total do curso (2.800 horas) aos conhecimentos de fisiologia e bioquímica, não existindo formalmente nenhuma especificidade em relação as bioquímica e fisiologia do exercício para crianças. Cabe lembrar que o licenciado em educação física no Brasil é reconhecidocomo profissional de saúde (Resolução CNS - N ° 218/1997), onde somente 1.800 horas aulas são destinadas aos conteúdos curriculares de natureza científico-cultural (Resolução CNE nº 2/2002).

Concluímos que, embora os componentes curriculares para a formação de licenciados em educação física seja interdisciplinar, os conteúdos específicos bioquímicos e fisiológicos da criança são mínimos,podendo comprometer a formação do professor de educação física e a própria formação da criança, principalmente aquelas com obesidade e outras doenças relacionadas.

Palavras chave: Profissional de Educação Física, Criança.

Introdução

É de suma importância que o profissional de Educação Física que está trabalhando com crianças, conheça sua fisiologia e saiba aplicar um método apropriadoque respeite as suas características próprias e necessidades. O licenciado em educação física deverá reconhecer na criança sua individualidade e não “queimar etapas” do seu desenvolvimento motor e psicológico, tendo a plena consciência dos benefícios e malefícios da prática de exercícios físicos para as crianças deste segmento escolar. O professor deve atentar pra que a idade cronológica não estánecessariamente ligada a idade biológica e que quando se trabalha com crianças principalmente, pois, as atividades propostas devem ser formuladas respeitando a maturidade biológica.

O Licenciado em educação física possui na sua grade curricular, poucas disciplinas relacionadas com a área biomédica, o que pode comprometer uma formação sólida em conhecimentos biológicos para a elaboração...
tracking img