Educação de jovens e adultos: construindo a cidadania

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1143 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
| |

ELIANA MARIA LOPES DOS SANTOS

EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: CONSTRUINDO A CIDADANIA

Presidente Epitácio - SP
2011
| |

ELIANA MARIA LOPES DOS SANTOS

EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: CONSTRUINDO A CIDADANIAProjeto apresentado como exigência para obtenção de nota na disciplina de Metodologia da Pesquisa Científica do Curso de Pedagogia ministrado pela Faculdade de Presidente Epitácio – FAPE.

Orientador: Prof.ª Karla Handressa Castro de Oliveira

Presidente Epitácio - SP
2011
SUMÁRIO

|1 INTRODUÇÃO............................................................................. |03 |
|1.1 Problema ................................................................................................... |04 |
|1.2 Hipótese .................................................................................................... |04 |
|1.3Justificativa................................................................................................ |04 |
|1.4 Objetivos.................................................................................................... |05 |
|1.4.1 Objetivos gerais ....................................................................................... |05 |
|1.4.2 Objetivosespecíficos ............................................................................... |05 |
|1.5 Metodologia................................................................................................ |06 |
| | || | |
| | |
|| |
| | |

1 INTRODUÇÃO

A educação é para socializar, isto é, dar ao ser humano o acesso ao processo de ensino e a aprendizagem.
Pode-se dizer que pessoas adultas que não tem instrução ou conhecimentos da escrita sãoconsiderados cidadãos excluídos, pela condição de analfabetismo, então a Educação de Jovens e Adultos vem como processo de evolução da consciência dos cidadãos, assim como a superação de fatores que determinam sua exclusão nos vários níveis da sociedade, seja em instituições ou empresas.
Poderia ser dito que durante muitos anos a sociedade, e até mesmo os governantes preocupavam-se com a mãode obra, com o desenvolvimento econômico e para tal queriam trabalhadores braçais, deixando de lado a escola, não davam importância a evasão escolar, mas tal pratica é bastante antiga no Brasil, pois desde o descobrimento os Jesuítas se preocupavam em domesticar os indígenas, para que vivessem em sociedade e fossem sociáveis ao convívio com os colonizadores, ensinavam a língua, os costumes, contudonão se preocupavam em alfabetizar, acreditavam que a instrução poderia fazer com que buscassem seus direitos.
Quando um ser humano busca o saber demonstra estar saindo do casulo em busca de revolucionar as diferenças dos conflitos das classes sociais, demonstrando rejeição à castração e ao domínio do pensamento humano, que faz com que o individuo fique desligado dos problemas sociais...
tracking img