Ed unip

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (281 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Estudos disciplinares -evolução do número de trabalhadores de 10 a 14 anos, em algumas regiões metropolitanas brasileiras,
. (Enade 2009 – com adaptações) Leia o gráfico aseguir, em que é mostrada a evolução do número de trabalhadores de 10 a 14 anos, em algumas regiões metropolitanas brasileiras, em dado período.

Disponível em . Acesso em02/10/2009 (adaptado Analise a charge ilustrada a seguir.
Disponível em . Acesso em 15.09.2009.
Há relação entre o que é mostrado no gráfico e na charge?
a) Não, pois afaixa etária acima dos 18 anos é aquela responsável pela disseminação da violência urbana nas grandes cidades brasileiras.
b) Não, pois o crescimento do número de crianças eadolescentes que trabalham diminui o risco de sua exposição aos perigos da rua.
c) Sim, pois ambos se associam ao mesmo contexto de problemas socioeconômicos e culturaisvigentes no país.
d) Sim, pois o crescimento do trabalho infantil no Brasil faz crescer o número de crianças envolvidas com o crime organizado.
e) Ambos abordam temasdiferentes e não é possível se estabelecer relação mesmo que indireta entre eles.

Justificativa: resposta C
O gráfico e a charge nos levam a crer que existe uma correlação entrea marginalidade e o trabalho infantil, pois o aumento do número de crianças que têm necessidade de trabalhar para garantir o mínimo para sobreviver podem levar ao crime porfalta de opção e estímulo. Ambos se associam ao mesmo contexto de problemas socioeconômicos e culturais vigentes no país.
Muito embora este argumento (a pobreza leva àmarginalidade) seja fraco, pois qualquer tipo de mazela poderia estar relacionada à marginalidade, parte de uma concepção antiga, onde a pobreza e criminalidade andavam juntas.
tracking img