Economina imbiliaria

Páginas: 17 (4103 palavras) Publicado: 27 de junho de 2014
INTRODUÇÃO
Após a bonança da última década, o mercado imobiliário ainda não decolou em 2014 e já amargou, por duas vezes, crescimento abaixo da inflação. Isso significa que os imóveis estão valorizando pouco e que o dinheiro investido está sendo corroído pela alta dos preços. Para economistas ouvidos pelo R7, o ideal é deixar mais para frente para comprar um imóvel — ou, então, pechinchar muitoe fazer o preço cair.

Menos compradores, inflação em alta, consumidores inseguros e instabilidade econômica estão entre os fatores que causaram esse esfriamento no mercado. Segundo economistas, para quem busca comprar um imóvel, a palavra da vez é “cautela”.

José Kobori, coordenador de MBA Finanças do Ibmec/DF, explica que o mercado imobiliário vem estabilizando os preços desde o anopassado. Mas, a partir de agora, com oferta ainda elevada e queda na procura, a tendência é que os preços baixem ainda mais.

— Se você olhar numa perspectiva de ciclos, nós estamos no fim do momento de alta e entrando no momento de baixa. Por isso, no momento, investir em imóveis não é recomendável.

A economista da FGV/Ibre, Ana Castelo, por outro lado, não acredita em queda nos preços, mas afirmaque não dá mais para falar de “maneira genérica” em bom investimento quando o assunto são imóveis.

— Comprar na planta, agora, é um péssimo negócio, pois os imóveis não estão mais subindo como antes. O aumento dos últimos anos não existirá mais. Então, depende muito do negócio.

Segundo os especialistas, ainda não é possivel saber se os preços vão cair ou se estabilizar. Mas já dá paraafirmar que os valores não subirão mais como antes, como prova o Fipezap, indicador que mede o valor médio do m² em 16 cidades brasileiras.

Em fevereiro, nove cidades apresentaram alta de preços abaixo da inflação. Já em março foram 12 dentre as 16 pesquisadas, indicando que o movimento está se espalhando. Apenas Rio de Janeiro, Niterói, Fortaleza e Vila Velha registraram alta acima da inflaçãooficial.

Keyler Rocha, da FEA: para ele, hoje não é o momento ideal para comprar um imóvel
Keyler Rocha, da FEA: para ele, hoje não é o momento ideal para comprar um imóvel
Divulgação
Por que a procura caiu?

De acordo com o professor Keyler Rocha, da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA/USP), a menor procura se deve à alta dos juros, que tem desestimulado o endividamento alongo prazo dos consumidores, que, por sua vez, estão mais temerosos de se endividar.

— Os salários não cresceram na velocidade dos imóveis e a capacidade de financiamento ficou restrita, pois a prestação subiu acima da renda familiar.

Para Rocha, não é indicado comprar um imóvel no curto prazo uma vez que as eleições, no segundo semestre, devem causar um reajuste no preço da energia eimpactar na inflação, provocando reflexos no setor.

— Eu não compraria imóvel hoje, esperaria as coisas ficarem mais claras. Se for para uso próprio, não é tão ruim. Já se for para revender ou alugar, é péssimo negócio, pois é provável que você não encontre lá na frente um comprador que pagou mais do que você. É hora de vender.

Outro lado

Se as perspectivas dos analistas sobre o mercadoimobiliário não são as melhores, o mesmo não se pode dizer dos órgãos e associações ligadas ao setor.

O diretor de Negócios Imobiliários da Aabic (Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios de São Paulo), Marco Dal Maso, afirma que o imóvel é um bem de investimento de retorno a médio e longo prazo e que, nessa perspectiva, não há risco de prejuízo para o comprador.

Ele afirmaque, apesar da menor alta dos imóveis neste começo de ano, haverá obras públicas de remanejamento urbano — como o Novo Plano Diretor — que causarão uma nova valorização imobiliária.

Deborah Mendonça, da Abadi: "2014 é o ano da estabilização"
Deborah Mendonça, da Abadi: "2014 é o ano da estabilização"
Divulgação
— Hoje estamos num momento de estabilização, o que dá impressão que o imóvel...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Economina
  • economina
  • economina
  • bolha imbiliaria
  • Crise imbiliaria
  • atividades econominas
  • Economina Industrial

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!