Economia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2273 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Modelo Keynesiano Simples de Determinação da Renda a Curto Prazo (o Lado Real)

John Maynard Keynes publicou A Teoria Geral do Emprego, do Juro e da Moeda, em que o autor desenvolve o Princípio da Demanda Efetiva como base para a determinação do produto real e da renda.
De acordo com Keynes, o empresário toma sua decisão de quantos trabalhadores contratar e de quanto produzir com base emquanto ele espera vender, para o autor, o empresário se defronta com duas curvas virtuais que ele denomina de:
I. Oferta Agregada: a renda necessária para o empresário oferecer determinado volume de emprego; e
II. Demanda Agregada: a renda que o empresário espera receber por oferecer determinado volume de emprego. A curva de oferta agregada de bens e serviços reflete as condições de custosmarginais crescentes e, como tal, a ampliação do emprego eleva a renda necessária para o empresário. Já a demanda agregada reflete as expectativas dos empresários sobre o volume de gastos dos consumidores e dos demais empresários (investimento).
A maximização de lucro faz com que o emprego aumente enquanto a renda esperada pelo emprego adicional superar a renda necessária. o volume de emprego serádeterminado pelo ponto de intersecção da oferta agregada e da demanda agregada. Neste ponto, estabelece-se o nível de produção e assim a demanda efetiva de trabalho.
O nível de emprego é determinado no mercado de bens e serviços pelas expectativas dos empresários. Dada a massa de salários reais, a disputa dos trabalhadores por salários nominais é uma luta pela repartição dessa massa salarial entreas diferentes categorias, com isso, explica-se a inflexibilidade para baixo dos salários nominais. Os principais componentes da demanda são o consumo e o investimento.
Como veremos, mais adiante, Keynes considera o consumo agregado uma função estável da renda: o consumo se amplia conforme cresce a renda, mas não na mesma magnitude. Keynes definiu uma variável chamada propensão marginal aconsumir, que mostra qual o aumento do consumo, dado o aumento no nível de renda.
No modelo keynesiano, o investimento é tanto um elemento de demanda agregada em curto prazo, como também um elemento da oferta agregada em longo prazo, ao ampliar a capacidade produtiva.
Assim, a decisão de investir é tomada a partir do confronto entre o valor presente do fluxo de receita esperada do investimento, o qualKeynes denomina como preço de demanda do bem de capital, frente ao custo de realiza-lo, denominado preço de oferta do bem de capital. Com base nessas duas definições, o autor define a chamada Eficiência Marginal do capital como sendo a taxa de desconto que iguala o fluxo de receitas esperado ao custo do investimento.
Se esta taxa for superior à taxa de juros, que corresponde ao curso de se obterempréstimos para realizar o investimento ou o custo de oportunidade de se imobilizar os recursos, o empresário investe; se for o contrário, não investe.
A Eficiência Marginal do capital pode alterar-se tanto por pressões na indústria produtora de bens de capital, como por mudanças no estado de espírito dos empresários. Com isso, o investimento tende a sofrer fortes oscilações, impactando o nívelde demanda agregada e a atividade econômica.
Para estabilizar a economia, Keynes propõe uma atuação mais efetiva do Estado, sua principal contribuição normativa foi propor o uso de políticas fiscais compensatórias que tenderiam a serem muito mais eficientes do que instrumentos monetários, cuja eficácia dependeria de duplo condicionante: a capacidade da política monetária em afetar as taxas dejuros, e uma vez que tenha afetado que esta não seja, sobrepujada por alterações na eficiência marginal do capital, que limitem o impacto das alterações na taxa de juros sobre o investimento.
No Modelo Keynesiano Simples, a ideia básica do modelo é de que o produto (a renda) é determinado pela demanda agregada, não existindo restrições pelo lado da oferta para a expansão do produto. No caso...
tracking img