Economia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3643 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]

UNIVERSIDADE ANHANGUERA-UNIDERP
CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

POLO A DISTANCIA- CENTRO DE ENSINO INTERAÇÃO















ATIVIDADES DE PRATICAS SUPERVISIONADAS - ATPS






















Campo Grande-MS
Setembro/2012

Acadêmicos

Arissangela Cristiane Fernandes RA: 351660
Daniely Paula da Silva RA: 390782
Rosangela Barreto de CarvalhoRA: 370455
Tatiane Gabriela Quintana RA: 389611








ECONOMIA








Atividade Prática Supervisionada - ATPS apresentada como atividade avaliativa da disciplina de economia do curso Administração do Centro de Educação a Distância da Universidade Anhanguera-Uniderp, sob a orientação da professora-tutora à distância Renata Garcia Dalpiaz eda tutora presencial Andréia Rodrigueiro.















Campo Grande-MS
Setembro/2012

Introdução


Este trabalho é a síntese significativa da aprendizagem adquirida no modulo: Economia do curso de administração, oferecido pela Universidade UniderpAnhanguera, ministrado pela professora interativa Renata Garcia Dalpiaz e da tutora presencial Andréia Rodrigueiro.
Com base nessa atividade podemos compreender melhor a economia e sua importância no ramo de eletrônicos e analisar as oportunidades de mercado.






































Empresa no Ramo de Vendas de Eletrônicos

Com ocrescimento econômico, muitas microempresas estão investindo no ramo de vendas de aparelhos celulares e informática, com o poder aquisitivo em alta na classe C as vendas destes produtos, não são mais artigo de luxo limitado a pessoas de níveis sociais altos, muitos compradores deste produto geralmente possuem mais de um aparelho celular, hoje é difícil encontrar alguém que não possua no mínimo umaparelho.
Na área da informática muitas casas já possuem computador, objeto de consumo que antigamente não pertencia às classes menos privilegiadas.
Segundo pesquisa, hoje a classe C é responsável por 28% do consumo nacional, que corresponde a R$ 226 bilhões por ano em compra.


“Segundo KOTLER (1998) nunca foi fácil entender o comportamento do consumidor, por quepodem declarar as necessidades e desejo e agir de forma diferente devido à importância do conhecimento do consumidor, foram desenvolvidos estudos e teorias que pudessem traduzir, e ajudar na interpretação dos diferentes motivos e razoes no processo de compra”.


“Las casas (2001) relata que apesar de aparentemente simples, o consumidor na situação de compra agem emdecorrência de varias influencias de ordem interna e externa”.


“Para cobra (1997) cada consumidor tem conhecimento, opinião ou crença, hábito diferente, que faz reagir de forma diferente na decisão de compra”.




• Ambiente físico: o lugar, as pessoas, as coisas, o clima, os costumes do ambiente, e outros.
• Tecnologias: as expectativas de inovação, tecnológicas quepodem retardar a compra.
• Economia: a inflação que pode estar diminuindo o poder dos consumidores.
• Política: o sistema político de um país poderá estimular o consumo de alguns produtos, e inibir o de outros.
• Legal: normas, leis, e regulamentos podem inibir ou estimular a compra de determinados bens, como um filme ou livro proibido que estimulassem o comprador a querer assistir oucomprar.


Segunda a BCG o consumidor da classe C, é o que possui equivalente a dois televisores, máquina de lavar, geladeira, automóvel e um banheiro. Além disso, a escolaridade ginasial é completa ou incompleta, sua renda é variável entre 4 a 10 salários mínimos (R$ 800,00 A R$2.000,00). Esta classe cresceu bastante passou de 26% para 30% do total do consumo em 1993, para 31% em 1996 e...
tracking img