Economia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2091 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE SANTA RITA DE CÁSSIA






TRABALHO DE ECONOMIA DO DIREITO




PROFESSOR: JORGE LUIZ.











Aluno: André Luiz




Sumário

1.0- Introdução 3
1.1- Jean Baptiste Say 4
1.4 – Thomas Malthus 4
1.6 - David Ricardo 6
1.7 – Vilfredo Pareto 7
1.8- Eduardo Giannetti da Fonseca 7

1.9- Bibliografia 81.0 Introdução.

Economia e o Direito
A relação entre economia e direito existe desde que o homem passou a viver em sociedade. Porém essa relação passou a ser estudada de forma sistemática, a partir do século XVIII com Adam Smith. Hoje, diversos centros de estudos e universidades se dedicam a estudar as relações entre economia e direito.
Uma boa regulamentação demercado e umas legislações claras, objetivas e simples são fundamentais para o desenvolvimento de uma economia de mercado. Sem direitos de propriedade bem-definidos, é muito difícil a realização de trocas e, portanto, o desenvolvimento econômico.
Pela tão estreita ligação entre economia e direito e o fato de ao direito estar dada a incumbência de organizar a ordem social e se dentro da ordemsocial inclui-se também, a economia.
































1.1- Jean Baptiste Say.

Jean Baptiste Say (Lyon, 5 de janeiro de 1767 — Paris, 15 de Novembro de 1832) foi um economista francês, formulador da chamada a Lei de Say, Jean nasceu em uma família de mercadores de tecidos, fortemente influenciada pelas idéias iluministas.
Após a Revolução Francesachegou a exercer a ocupação de jornalista em periódicos liberais franceses, onde aproximou-se das idéias de Adam Smith e do estudo da ciência econômica, a qual passou a se dedicar ao mesmo tempo que administrava uma indústria têxtil.

1.2 - Bibliografia.

Jean-Baptiste Say nasceu em Lyon. Pressupostamente destinado a seguir a carreira de comerciante, Say foi mandado junto com seu irmão Horacepara Inglaterra. Na Inglaterra, Say viveu em Croydon e em seguida se mudou para Londres. Após alguns anos trabalhando como comerciante, Say voltou para França para trabalhar em um escritório de uma seguradora dirigida por Étienne Clavière.
Em 1793 Say se casou com a filha de um ex-advogado, Mlle Deloche. De 1794 a 1800 Say editou um periódico chamado 'La Decade philosophique, litteraire etpolitique,' cujos textos expunham as doutrinas de Adam Smith. Foi então estabelecendo sua reputação como escritor, e quando o governo consular foi estabelecido em 1799, ele foi selecionado como um dos membros do tribunate, e resignou da direção do 'Decade'.

1.3 - Lei de Say.

Muitas vezes a Lei de Say é resumida da seguinte maneira:
A oferta de um produto sempre gera demanda por outros produtos, "Aoferta cria sua própria demanda”.
Porém, é importante notarmos que essas são interpretações Keynesianas e não necessariamente expressão o que a Lei de Say realmente disse. A Lei de Say não faz a afirmação que a oferta automaticamente cria demanda, mas que, para se ter uma fundação efetiva para demanda, é necessária uma prévia fonte de oferta.

1.4 – Thomas Malthus

Thomas Robert Malthus(Rookery, perto de Guildford, 14 de fevereiro de 1766 — Bath, 23 de dezembro de 1834) foi um economista britânico. É considerado o pai da demografia por sua teoria para o controle do aumento populacional, conhecida como malthusianismo.
Filho de um culto e rico proprietário de terras, amigo de Hume e Rousseau, terminou os estudos no Jesus College de Cambridge a partir de 1784, onde obteve um posto em1793. Tornou-se pastor anglicano em 1797 e, dois anos depois, inicia uma longa viagem de estudos pela Europa. Casou-se em 1804 e, por isto, abandonou o posto de pastor.
Em 1805, foi nomeado professor de história e de economia política em um colégio da Companhia das Índias (o East India Company College), em Haileybury. Expôs suas idéias em dois livros conhecidos como Primeiro ensaio e Segundo...
tracking img