Economia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1546 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
EPDec
FACULDADE ESCOLA PAULISTA DE DIREITO-EDUCAÇÃO CORPORATIVA

ECONOMIABRYSY CARVALHO DA SILVA
TURMA: ADMINISTRAÇÃO
RA: 2010300029

De acordo com o assunto visto em aula e por meio de pesquisas, descreva aspectos da economia que impactam sobre vocêe sua empresa (informe o setor e atividade da empresa).





DÍVIDA PÚBLICA


O Brasil ainda possui um Estado endividado, que consome quase 40 % de toda a riqueza nacional (PIB) e retém para as suas necessidades incríveis 80 % do crédito disponível, tornando ainda mais caro o restante para a nação.

CRÉDITO, POUPANÇA E INVESTIMENTO


A participação do crédito bancário no PIB era de somente 39,7%em 2008. Já o total de operações de crédito no Brasil passou a somar R$ 1, 410 trilhão em 2009, com crescimento de 14,9% no ano.
Este resultado representava 45% do PIB. Os juros ao consumidor final no Brasil são altos, sendo a taxa média cobrada para pessoas físicas de 42,7% ao ano em dezembro de 2009.
Os novos resultados do PIB mostraram que houve redução da proporção de investimento na economiabrasileira. A taxa de investimentos caiu de 20,6% do PIB para apenas 15,3% em 2005.
No Brasil, existia um mito ou tabu de que para crescer era preciso aumentar inflação, o que não é verdade. O que impedia o crescimento era o baixo volume de investimentos em toda a economia.

Todos esses fatores, apoiados pelas reformas estruturais (tributária, previdenciária, trabalhista e do sistema judiciário),pela nova Lei de Falências e pela recente mudança na legislação do sistema financeiro, com uma futura autonomia do Banco Central, aos poucos, criariam condições propícias à maior atração de investimentos produtivos estrangeiros, ao maior volume de comércio de produtos e serviços, a maiores capitais para financiamento, e à abertura de novos caminhos para uma grande retomada da economia brasileiraainda a partir de 2007.

Caracterização de Macroambiente Econômico

Conhecer o macroambiente econômico é de suma importância para empresários, homens de negócio, tomadores de decisão e para todas as pessoas de forma generalizada, a dona de casa, o estudante, o político, o profissional, pois os acontecimentos que ocorrem na esfera macroeconômica afetam a vida de todos.
A macroeconomia propõe-se aresponder questões tais como: Qual o motivo de tanto desemprego? Por que o Brasil é deficitário no Balanço de Pagamentos?A inflação poderá voltar?O que fazer para baixar a taxa de juros? Assim, pode-se dizer que as medidas adotadas no âmbito da política econômica (abordagem macroeconômica) afetam de maneira intensiva a vida do cidadão comum.
Diferenciando microeconomia de macroeconomia, pode-sedizer que a microeconomia preocupa-se com o particular, com o individual, enquanto que a macroeconomia preocupa-se com o todo, com o geral.
Uma analogia bastante comum para esta diferenciação é comparar o estudo econômico ao estudo de uma floresta. Diz-se que, ao estudar uma floresta, está sendo realizado um estudo microeconômico a preocupação estiver voltada para as árvores e animais de cadaespécie, de forma isolada. Por outro lado, se o estudo é macroeconômico a preocupação estará voltada para a floresta como um todo, e nas várias interrelações entre os animais e as plantas da floresta.
Portanto, além desses enfoques não serem contraditórios, são também complementares, pois as manifestações ocorridas no mundo externo, principalmente as resultantes da ação do governo na economia, terminam...
tracking img