Economia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1076 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1 INTRODUÇÃO

Atualmente, todo o administrador deve ter conhecimento sobre a lógica econômica, para que assim possa tomar as decisões corretas. Independente do tamanho da empresa e o seu ramos de atividade, é necessário conhecer a evolução da economia, sua conjuntura, suas perspectivas futuras e principalmente seu estágio atual.
Economia pode ser definida como a ciência que estuda a formacomo as sociedades utilizam os recursos escassos para produzir bens com valor e de como os distribuem entre os vários indivíduos. Nesta definição estão implícitas duas questões fundamentais para a compreensão da economia: por um lado a ideia de que os bens são escassos, ou seja, não existem em quantidade suficiente para satisfazer plenamente todas as necessidades e desejos humanos; por outro lado aideia de que a sociedade deve utilizar os recursos de que dispõe de uma forma eficiente, ou seja, deve procurar formas de utilizar os seus recursos de forma a maximizar a satisfação das suas necessidades.
Como toda a ciência, a economia também tem seu objetivo; que são atingidos por meio da adequada combinação de fatores de produção, a economia buscará dar respostas às dificuldades encontradas.Assim, a economia tem por objetivo formular respostas a fim de resolver ou minimizar os problemas econômicos. Além de atender as necessidades humanas, que são ilimitadas, promovendo o bem-estar de cada um.

2 DESENVOLVIMENTO

A econômia brasileira está se firmando no mercado mundial com solidez, após um cenário de crise o Brasil foi um dos poucos países que conseguiu manter suas reservascâmbiais internacionais estáveis. O governo conseguiu estimular o consumo com políticas de redução de impostos, retomar o mercado acionário com grande procura de investidores estrangeiros, além da elevação da redução do risco Brasil.
Manter o controle da inflação não significa mantê-la igual a zero. Mesmo os países mais desenvolvidos não perseguem essa meta. O que se busca é evitar períodos deaceleração permanente do crescimento de preços e manter a inflação em níveis reduzidos.
A preocupação em controlar a inflação se justifica, uma vez que taxas elevadas de inflação provocam uma serie de distorções na economia. Afetam negativamente a distribuição de renda, à medida em que os mais pobres não conseguem se proteger da inflação, visto que não conseguem aplicar seus recursos no mercadofinanceiro; reduzem os prazos das aplicações financeiras, fazendo desaparecer os recursos para financiar os investimentos; dificultam qualquer planejamento empresarial que não seja de curtíssimo prazo; e finalmente podem levar a uma total distribuição do parque produtivo.
A possibilidade da moeda e sua oferta influenciarem os resultados da economia real é um grande tema de discussão entre os economistas.Isso ocorre, pois a capacidade de oferta da moeda afetar o PIB, o desemprego e ainda o fluxo de bens, capitais e serviços entre as nações. Além disso, a inflação também é uma questão relevante a ser analisada, assim como seus possíveis efeitos sobre a distribuição de renda de uma sociedade, tanto a curto quanto a médio e longo prazo.
A análise dos fatores que causam os diferentes níveis dedesigualdades de renda entre os países é algo que a muito tempo tem sida analisados e estuda por economistas e formadores de políticas públicas. Pode-se elencar diversos fatores importantes para explicar as diferenças de distribuição de renda entre os países: instituições em geral, sistema jurídico, história colonial e educação.
Os manuais de economia costumam ensinar que políticas monetárias sópossuem efeitos reais de curto prazo, o único efeito das mesmas seria alterar a taxa de inflação de equilíbrio. No entanto, pode haver teoricamente efeitos redistributivos, tanto no curto quanto no longo prazo, causadas pela variação da inflação. Os principais meios pelos quais argumenta-se na literatura que inflação gerada pela política monetária do governo” , isto é via alterações na demanda...
tracking img