Economia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1724 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ECONOMIA

1. 1
Tabela 9. Estatísticas do Cadastro Central de Empresas, Censo 2010.
Número de unidades locais | 700 unidades |
Pessoal ocupado total | 3.648 pessoas |
IBGE.
Tabela _ .Número de Estabelecimentos e Estoque de Empregos por Atividade Econômica - Dez/2007

Atividade Econômica | Número de Estabelecimentos | Número de Empregos |
Extrativa Mineral | 8 | 72 |
Indústria daTransformação | 27 | 332 |
Serviços Indústriais de Utilidade Pública | 1 | 18 |
Construção Civil | 12 | 29 |
Comércio | 170 | 646 |
Serviços | 152 | 864 |
Administração Pública | 2 | 584 |
Agropecuária | 306 | 461 |
Total | 678 | 3.006 |
Fonte: RAIS 2007. Ministério do Trabalho e Emprego

Tabela 9. Emprego-RAIS, 1999 / 2010
| 1999 | 2000 | 2001 | 2002 | 2003 | 2004 | 2005 |2006 | 2007 | 2008 | 2009 | 2010 |
Empregos (número) | 2.273 | 2.019 | 2.297 | 2.954 | 2.845 | 1.863 | 2.593 | 2.933 | 3.006 | 3.005 | 3.360 | 3.599 |
Rendimento Médio (R$) | 369,04 | 397,11 | 421,93 | 565,76 | 596,93 | 565,35 | 619,91 | 791,08 | 729,93 | 796,64 | 892,11 | 954,92 |
FONTE: SEGPLAN, Sepin, 2012

Ao analisar as atividades econômicas, a geração de empregos e o censo do IBGE,nota-se que a quantidade de empregos formais não condiz ao número de habitantes. Apesar do setor agropecuário ter uma grande quantidade de estabelecimentos, estes não geram uma quantidade de emprego formal correspondente. O setor de serviços, comércio e a administração pública respectivamente geram o maior número de empregos.

1.2
a. GOIÁS.
b. Analisando a relação intermunicipal da Cidade deGoiás, nota-se que esta ( cidade ) apoia-se nos seguintes municípios:
Tabela 9. Relações Intermunicipais.
Cidade | Objetivo |
Goiânia | Emprego, Turismo, comércio, saúde e educação. |
Itapuranga | Educação e Comércio. |
Itaberaí | Comércio, emprego e educação e saúde. |
Itapirapuã | Coleta de lixo, educação e transporte escolar |
Mossâmedes, Fâina e Aruanã | Turísmo. |

2. Aprodução rural
Produção Agrícola
Tabela 3. Produção Agrícola, 2000 – 2011
PRODUÇÃO | 2000 | 2001 | 2002 | 2003 | 2004 | 2005 | 2006 | 2007 | 2008 | 2009 | 2010 | 2011 |
Arroz (total) – Quant. Produzida (t) | 5.600 | 2.400 | 2.600 | 4.800 | 4.960 | 4.640 | 4.680 | 5.000 | 5.000 | 5.200 | 4.500 | 1.440 |
Banana(total) – Quant. Produzida (t) | 120 | 1.440 | 1.560 | 1.624 | 1.624 | 1.600 | 1.720| 1.720 | 1.720 | 1.720 | 1.720 | 1.720 |
Cana-de-açucar(total) – Quant. Produzida (t) | 800 | 800 | 800 | 1.600 | 1.600 | 1.760 | 1.920 | 1.920 | 1.920 | 1.920 | 1.920 | 15.260 |
Côco-da-baía – Quant. Produzida (mil frutos) | - | - | 100 | 200 | 200 | 250 | 250 | 250 | 250 | 250 | 250 | 250 |
Feijão (total) – Quant. Produzida (t) | 260 | 1.650 | 460 | 488 | 546 | 510 | 280 | 225 | 225 | 340| 340 | 360 |
Laranja (total) – Quant. Produzida (t) | 8.200 | 1.640 | 1.640 | 1.640 | 1.640 | 1.640 | 1.640 | 1.640 | 1.640 | 1.640 | 1.640 | 1.640 |
Mandioca (total) – Quant. Produzida (t) | 825 | 1.050 | 630 | 1.125 | 1.125 | 900 | 1.500 | 1.400 | 1.800 | 1.800 | 1.800 | 1.800 |
Milho (total) – Quant. Produzida (t) | 14.000 | 8.215 | 5.750 | 9.500 | 9.750 | 9.850 | 9.880 | 9.275 | 9.275| 10.220 | 9.800 | ... |
Palmito (total) – Quant. Produzida (t) | 125 | 125 | 3.625 | 4.125 | 4.125 | 4.500 | 4.500 | 4.500 | 4.500 | 4.500 | 4.500 | 4.500 |
Soja (total) – Quant. Produzida (t) | 780 | 1.430 | 200 | 1.960 | 2.240 | 2.520 | 1.260 | 1.000 | 1.000 | 1.500 | 1.500 | 1.650 |
Produção de Grãos (total) – Quant. Produzida (t) | - | - | - | - | 17.496 | 17.520 | 16.100 | 15.500 |15.500 | 17.260 | 17.120 | 3.450 |
NOTA: - A partir do ano de 2001 as quantidades produzidas dos produtos abacate, banana, figo, goiaba, laranja, limão, mamão, manga, maracujá, melancia e tangerina passam a ser expressas em toneladas. Nos anos anteriores eram expressas em mil frutos, com exceção da banana, para a qual era utilizado mil cachos. Até 2001 café (em coco), a partir de 2002 café...
tracking img