Economia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3526 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]
UNIVERSIDADE ANHANGUERA - UNIDERP
CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA
CIÊNCIAS CONTÁBEIS

ECONOMIA
DESAFIO DE APRENDIZAGEM
ACADÊMICOS: Juliana Paula Vendruscolo / RA: 332098
Braulio Kesseler / RA 294574
Joelso Piccinin / RA 329346
Marivani Pereira Rodrigues / RA 307298
Eduardo Cristiano Kohls / RA 294575
Ana Paula Dalmolin Mota / RA 286261Patricia Padilha / RA 296199
Nubiele Neu Woldt / RA 346681

Faxinal do Soturno, RS. 2º sem./2011.
ECONOMIA




ACADÊMICOS: Juliana Paula Vendruscolo RA: 332098
Braulio Kesseler RA 294574
Joelso Piccinin RA 329346
Marivani Pereira Rodrigues RA 307298
Eduardo Cristiano Kohls RA 294575
Ana Paula Dalmolin Mota RA 286261
Patricia Padilha RA296199
Nubiele Neu Woldt / RA 346681


Prof.ª EAD: Renata Machado Garcia Dalpiaz
Prof.ª Tutora Claudia Michelin

Faxinal do Soturno, RS. 2º sem./2011.
SUMÁRIO
INTRODUÇÃO 06 e 07

CAPITULO I 08 a 13

DESAFIO 08 a 13

1.1. Desenvolvendo Dois Exemplos de Casos Reais de Custo de Oportunidade 08 e 09

1.1.1. Tipos de Custos de oportunidade 09 e 10

1.2. Desenvolvendo UmExemplo de Curva de Possibilidade de Produção 10 a 12

1.3. Desenvolvendo Um Exemplo de Produto Elástico 12 e 13

1.4. Desenvolvendo Um Exemplo de Produto Inelástico 13

CAPITULO II 14

DESAFIO 14

1.1. Maximizando Lucros 14

CAPITULO III 15 a 19

DESAFIO 15 a 19

1.1. Mercado Concorrencial 15 a 17

1.1.1. Monopólio 17

1.1.2. Oligopólio 17 e 18

1.1.3.Monopsônio 18

1.1.4. Oligopsônio 18 e 19

CONCLUSÃO 20

REFERÊNCIAS 21




INTRODUÇÃO

Com a idéia de melhor compreender os fundamentos econômicos, conceitos de Custo de Oportunidade, Curva de Possibilidade, Produto Elástico e Produto Inelástico, neste relatório os conceitos serão melhores compreendidos com exemplos.


Custo de Oportunidade como a possibilidade de umganho ou perda onde exista mais de uma opção, ou seja, é aquilo que você pode deixar de ganhar em uma transação por escolher uma determinada opção, então é um termo usado em economia para indicar o custo de algo em termos de uma oportunidade renunciada. O custo, até mesmo o custo social, é causado pela renúncia da entidade aos benefícios que poderiam ser obtidos a partir desta oportunidaderenunciada ou ao mais alto retorno que poderia ser gerado numa aplicação alternativa (KOTLER, PHILIP 2000).


Em cada dia útil, seja nas fábricas, nos escritórios ou nas agências bancárias, os trabalhadores produzem uma variedade de bens e serviços, cuja quantidade está limitada pela disponibilidade de recursos (fatores de produção) e pela tecnologia que dominamos. Essas duas restriçõesdeterminam a Curva de Possibilidades de Produção de um país, de modo que escolhas devem ser feitas. Esse limite é descrito pela curva de possibilidades de produção. Isso resulta do fato de que, em geral, os fatores de produção são especializados em determinadas linhas de produção e não são completamente ou facilmente adaptáveis, no curto prazo, a outros usos.


O conceito de elasticidade é usadopara medir a reação das pessoas frente a mudanças em variáveis econômicas, segundo Sullivan e Sheffrin, (2000), por exemplo, para alguns bens os consumidores reagem bastante quando o preço sobe ou desce e para outros a demanda fica quase inalterada quando o preço sobe ou desce. No primeiro caso se diz que a demanda é elástica e no segundo que ela é inelástica.


Se a elasticidade-preço dobem for maior que 1,00 diz-se que a demanda por esse bem é elástica. A variação percentual na quantidade excede a variação percentual no preço. Ou seja, os consumidores são bastante sensíveis a variações no preço pode-se definir os gêneros supérfluos como jóias, roupas de marca, manteiga, carnes nobres, carros entre outros, ou seja, são bens que não são de primeira necessidade ou bens que podem...
tracking img