Economia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1036 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de fevereiro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
MÔNICA SAAGER

Trabalho de Economia

AFONSO CLÁUDIO

2012

Nome da Instituição: Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio “Afonso Cláudio”

Curso: Técnico de Administração

Disciplina: Economia

Módulo: 2

Monitor: Marcos

Aluno (a): Mônica Saager

Assunto do Trabalho: Zona de Livre Comércio, União Aduaneira, Mercado Comum e União Européia\Econômica

IntroduçãoEste trabalho foi feito com o objetivo de explicar os blocos econômicos, sendo estes a Zona de Livre Comércio, União Aduaneira, Mercado Comum e União Monetária\ econômica, falando como funcionam, suas diferenças; dando exemplos dos mesmos.

Zona de livre comércio, Uniao Aduaneira, Mercado Comum e União Monetária\econômica

Zona de livre comércio, Uniao Aduaneira, Mercado Comum e UniãoMonetária\econômica são blocos comerciais, ou blocos econômicos, um tipo de acordo intergovernamental( que se realiza entre membros do governo) , muitas vezes parte de uma organização intergovernamental, onde barreiras ao comércio são reduzidas ou eliminadas entre os Estados participantes.
A maioria dos blocos comerciais estão definidos por uma tendência regional. Um dos primeiros tipos deblocos econômicos da história foi a União Aduaneira
Blocos comerciais podem ser classificados de acordo com seu nível de integração econômica.
As vantagens dos blocos comerciais são a redução ou eliminação das tarifas ou importação e produtos mais baratos. Já as desvantagens são o desemprego e diminuiçao da produção das empresas.

Zona de Livre Comércio

Zona de Livre Comércio é onome que se da a uma área onde um conjunto de países resolveu eliminar diversas restrições sobre as mercadorias comercializadas entre eles.
Assim são eliminadas as barreiras aduaneiras (Relativo à Receita Federal no que diz respeito aos trâmites de mercadoria na importação ou exportação), e comerciais nos países membros da Zona de Livre Comércio, mantendo as restrições assim com os outrospaíses que não fazem parte dela.
Só é considerada uma Zona de Livre Comércio quando pelo menos 80% dos bens são comercializados sem taxas alfandegárias. O principal exemplo é a Nafta (Acordo de Livre Comércio da América do Norte), formado por Estados Unidos, Canadá e México
Dois exemplos de Zona de Livre Comércio são a EFTA (Associação Européia de Comercio Livre), e o Grupo Andino formadopor diversos países sul-americanos.
Simplificando a Zona de Livre Comercio é um conjunto de países que organizam entre si a livre circulação de mercadorias produzidas em seu território.

A criação de uma área de livre comércio pode afetar vários indicadores de um país é que, apesar de levarem melhorias a estes, também geram custos em alguns setores, principalmente naquelesineficientes, recorrentes das alterações nas próprias variáveis econômicas, ou setoriais que podem afetar os elos constitutivos de uma economia.
Assim nada mais é quando dois ou mais países optam por promover uma alíquota tarifária de importação igual a zero, mutuamente;

União Aduaneira

A União aduaneira é um estágio mais avançado de integração. Além dos países eliminarem as tarifasaduaneiras entre si, estabelece as mesmas tarifas de exportação e importação TEC (Tarifa Externa Comum) para o comércio internacional fora do bloco. A união aduaneira exige que pelo menos 85% das trocas comerciais estejam totalmente livres de taxas de exportação e importação entre os países-membros. Apesar de abrir as fronteiras para mercadorias, capitais e serviços, não permite a livre circulação detrabalhadores. O principal exemplo é o MERCOSUL (Mercado Comum do Sul), composto por Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai e Venezuela. Chile, Bolívia, Peru, Colômbia e Equador são países associados ao MERCOSUL, ou seja, participam do livre comércio, mas não da união aduaneira;
Concluindo assim União Aduaneira é quando dois ou mais países aprovam, além dos benefícios da área de livre...
tracking img