Economia social

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4403 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS DO TRABALHO E DA EMPRESA

Trabalho apresentado na disciplina de Economia Social Professor Doutor Jordi Estivill

MESTRADO EM DESENVOLVIMENTO, DIVERSIDADES LOCAIS E DESAFIOS MUNDIAIS


ISCTE | Departamento de Sociologia



Título do trabalho: Da Economia Social à Economia Solidária
ÍndiceIntrodução............................................................................................................................... 4 1. 2. 2.1. 3. A origem do conceito ...................................................................................................... 5 Características da economia social.................................................................................. 7 A confusãoterminológica.......................................................................................... 10 A nova economia social – a economia solidária ........................................................... 12

Conclusão ............................................................................................................................. 17Bibliografia........................................................................................................................... 18

Da Economia Social à Economia Solidária

Introdução O termo economia social surgiu em França durante o primeiro terço do século XIX. Desde as suas origens, no formato de três grandes famílias de organizações – cooperativas, mutualidades e associações – o seu significado foi adquirindo várias designações, conforme nos situemos na Europa, na AméricaNorte ou na América Latina. Contudo, pode-se falar da existência de um ponto comum entre as várias realidades: a presença de um chamado terceiro sector que existe para além do sector privado lucrativo e do sector público.

O objectivo inicial deste trabalho é clarificar o conceito de economia social. Para tal, começa-se com uma sumária abordagem aos primórdios da sua história. Analisa-se aeconomia social nas suas características, como decorreu o seu desenvolvimento até à actualidade e perante as transformações sociais, políticas e económicas vividas ao longo dos tempos. Focam-se também os seus vários sentidos, enquadramentos e designações.

Um importante período para a consolidação da economia social foram os anos setenta, aquando o quadro de crise económica e social vivido, o quallevou a um rejuvenescimento das iniciativas advindas da sociedade civil para ultrapassar velhos e novos problemas. È neste contexto que se enquadra a chamada nova economia social ou economia solidária.

Será este último conceito que se analisa na secção final deste estudo, particularmente na sua versão francófona.

4

Da Economia Social à Economia Solidária

1. A origem do conceito Aeconomia social, segundo Guéslin, é um conceito que emerge em meados dos anos 30 do século XIX, como uma outra forma de fazer a Economia Política (Guéslin, 1998:1). O reconhecimento institucional é geralmente atribuído a C. Guide, que considerava a economia social como um ramo da ciência económica, distinto da economia política de A. Smith e que integrava três vertentes: os movimentos cooperativo,mutualista e associativo. Estes movimentos surgem no século XIX, como iniciativas espontâneas da sociedade civil que tentam dar resposta a alguns dos problemas económicos e sociais advindos da Revolução Industrial. Visavam, de um modo geral, a melhoria das condições de vida da classe operária e iniciativas solidárias por parte do patronato. Há, assim, um interesse comum, por parte das pessoas que seorganizam para se protegerem perante as dificuldades e, por outro lado, liga-se a um outro tipo de iniciativas de filantropia, ou seja, por parte daqueles que querem criar respostas para os mais desfavorecidos.

O conceito de economia social, de origem francesa, relaciona-se, então, desde os seus primórdios, com os problemas sociais criados pelo capitalismo e pela Revolução Industrial, na...
tracking img