Economia russa x brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1280 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO
Não precisa ser um exímio economista ou um grande estudioso para saber que um país que exporta matéria prima bruta, perde em muito na lucratividade e, muitas vezes acaba importando sua própria matéria prima, agora convertida em produto industrializado. O Brasil fez e faz isso há muitos anos, pois ainda não perdeu as características adquiridas na época do Brasil Colônia, e a Rússiaainda segue o mesmo caminho, com um governo bem parecido, vítima de corrupção e mandos e desmandos de uma minoria proprietária de grande poder e liderança.
A diferença entre o Brasil e a Rússia é que essa minoria possui um nome ou ao menos uma identidade. São os remanescentes do socialismo que unidos emperram o crescimento do país em prol do favorecimento próprio.

RÚSSIA

Rússia sofreumudanças significativas desde o colapso da União Soviética, passando de uma economia globalmente isolada, para uma economia mais baseada no mercado e globalmente integrada, isso ocorreu na década de 90 quando grande parte das indústrias foi privatizada com exceção do setor de energia e de defesa.
Os holofotes em 2001 se voltaram para a Rússia, porque a mesma passou a ser líder mundial na produção deuma das commodities mais cobiçadas do mercado que é o petróleo deixando para trás a Arábia Saudita, outros produtos importantes que a Rússia detém é o gás natural onde a coloca como segunda maior produtora é como a terceira maior exportadora de aço e alumínio primário.
A dependência da Rússia sobre as exportações de commodities a torna vulnerável a altos e baixos ciclos que seguem as oscilaçõesaltamente voláteis nos preços das commodities globais, foi então que em 2007, o governo embarcou em um ambicioso programa para reduzir esta dependência e criar setores do país de alta tecnologia, mas com poucos resultados até agora.
A economia russa foi um dos mais atingidos pela crise global econômica 2008-09 os preços do petróleo despencaram e os créditos externos que os bancos russos e empresasdependiam secaram. De acordo com o Banco Mundial o pacote do governo anti-crise de 2008-09 foi de cerca de 6,7% do PIB. O Banco Central da Rússia passou de um terço dos seus $ 600 bilhões das reservas internacionais, a terceira maior do mundo, no final de 2008 para reduzir a desvalorização do rublo.
O governo também destinou US $ 200 bilhões em um plano de resgate para aumentar a liquidez nosetor bancário e ajudar as empresas russas incapaz de rolar grandes dívidas externas a vencer. O declínio econômico ao fundo do poço em meados de 2009 e a economia começou a crescer no terceiro trimestre de 2009. No entanto, uma grave seca e os incêndios na Rússia central reduziram a produção agrícola, levando a uma proibição de exportação de grãos, e retardou o crescimento em outros setores comoa indústria e o comércio. Altos preços do petróleo impulsionado o crescimento russo em 2011 e ajudou a Rússia a reduzir o déficit orçamentário herdado dos anos de vacas magras de 2008-09. Rússia reduziu o desemprego desde 2009 e tem feito progressos na redução da inflação desde 2010.
Descrito um breve resumo da situação econômico da Rússia entraremos no seu setor financeiro, onde seu PIB percapita, que é o valor final de bens e serviços produzidos num país num determinado ano e dividido pela população desse mesmo ano, foi de 16700 dólares no ano de 2011. A Tabela 1 nos informa o PIB dividido por setor, a Tabela 2 a situação orçamentária da Rússia ambas no ano de 2011 e uma ampla visão do setor financeiro do país nos últimos anos.

|Divisão do PIB por setor|
|Setor |PIB - Composição por |Força de trabalho (por |
| |setor |ocupação) |
|Agricultura |4,2% |9,80% |
|Indústria |37,0% |27,50% |
|Serviços...
tracking img