Economia no setor publico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 81 (20152 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Curso de Economia do Setor Público Professor Gilmar Ferreira

Economia do Setor Público – Teoria e Exercícios
Observações Gerais: 1. Em primeiro lugar gostaria de lembrar que esse material é ainda a versão 1, portanto pode haver erros. Nesse sentido gostaria de receber criticas para o aperfeiçoamento, pois o objetivo final é o lançamento de um livro de Finanças Públicas para concursos. 2.Esse material está dividido em três partes: Parte I: Finanças Públicas - contêm toda a teoria pura de Finanças Públicas cobradas pelas bancas nos concursos públicos, em particular pela ESAF; Parte II: Finanças Públicas no Brasil, Experiências recentes entre 1970/2007 - contém o histórico das finanças públicas, também, cobradas pelas bancas nos concursos públicos, em particular pela ESAF; Parte III:Papel do Setor Público, Reformas, Liberalismo e Privatizações – contêm o conteúdo das mudanças recentes nas diretrizes das finanças públicas no mundo e particularmente no Brasil. 3. Em relação ao edital Gestor 2009 esse Material, parte I e Parte II, cobre os seguintes tópicos em negritos: 1. Evolução das Funções do Governo. 2. Papel do Governo na economia: estabilização econômica, promoção dodesenvolvimento. 3. Distribuição de renda no Brasil. Desigualdades regionais. Indicadores sociais. 4 Papel da Política Fiscal: comportamento das contas públicas nos últimos anos, conceitos e financiamento do déficit público no Brasil. 5. Federalismo Fiscal. Reforma Tributária. 6. Papel da política monetária: relação entre taxa de juros, inflação, resultado fiscal e nível de atividade. 7.Desenvolvimento Brasileiro no pós-guerra: Plano de Metas, o milagre brasileiro, o II PND, a crise da dívida externa, os planos de Estabilização e a economia brasileira contemporânea. 8. A Função do Bem-Estar. Políticas alocativas, distributivas e de estabilização. 9. Finanças Públicas no Brasil: experiências recentes entre 1970/2009. 10. Parceria Público-Privada (PPP). 4. Os tópicos que ainda faltacomplementarei durante o curso. 5. Por fim, espero que esse material seja muito útil em seus estudos!!!!
The end of all our exploring Will be to arrive where we started And know the place for the first time. (O fim de toda a nossa busca Será chegar ao lugar onde começamos E ter a sensação de descobri-lo pela Primeira vez). T.S. Elliot

1

Curso de Economia do Setor Público Professor Gilmar FerreiraParte I: Finanças Públicas

1. Evolução das Funções do Governo: Bem Estar Social e as Funções do Estado na Economia

Evolução das Funções do Governo De uma posição inicial bem modesta, na qual lhe cabia apenas a prestação de alguns serviços essenciais à coletividade – tais como a justiça e segurança, em que as características especiais da oferta e demanda não induziam o setor privado aproduzir -, o papel do governo na economia modificou-se substancialmente. A grande crise de depressão econômica de 1930 deu origem a estudos que vieram justificar a necessidade de o governo intervir na economia para combater a inflação ou desemprego. As duas grandes guerras mundiais provocaram alterações definitivas nas preferenciais da coletividade quanto à necessidade de interferência do governo,visando à promoção do bem-estar. No pós-guerra a preocupação com problemas de desenvolvimento econômico constitui-se em outro fator importante para aumentar as atribuições do governo – especialmente nos países subdesenvolvidos. Essas atribuições enquadram-se em três grandes categorias que são as chamadas funções do Estado na economia: função alocativa (alocação de recursos); função distributiva(distribuição de recursos na economia) e função estabilizadora (manter a estabilidade na economia).

1 - (SEFAZ/Analista do Tesouro do Estado do Amazonas/2005) - A disciplina Finanças Públicas, pode ser definida como o estudo da: (A) obtenção, criação, gestão e dispêndio, pelo Estado, dos meios materiais e serviços visando à satisfação das necessidades coletivas; (B) sistemática impositiva de...
tracking img