Economia macro 2 puc rio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1562 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUCAO A ECONOMIA II
Gabarito da 4ª Lista de 2007.2
Professores: Gustavo Gonzaga, Márcio Janot e Alexandre Samy de Castro
Monitores: Carlos Fernando Miranda e Guilherme Miguel Benjó

1ªQuestão) a) A cruz Keynesiana é formada pelo curva de gasto efetivo, e a curva de gasto esperado. O cruzamento de ambas representa o ponto em que o gasto realizado é igual ao esperado – e onde não háexcesso nem escassez de estoques. A curva de gasto efetivo possui inclinação de 45 graus por um motivo simples; é o ponto onde se iguala gastos e renda, condição básica de equilíbrio de uma economia. Com gastos no eixo Y e renda no eixo X, temos, portanto, à esquerda do ponto de equilíbrio, na diferença entre ambas, a quantificação da queda não-planejada de estoques, que irá levar a um aumento darenda de volta ao ponto de equilíbrio. O análogo pode ser dito do à direita do equilíbro – ocorre uma acumulação não planejada de estoques, que faz a renda cair até o equilíbrio, onde gastos igualam produto.

b) uma variação em G varia Y via multiplicador:
∆Y = (1 + PMgC + PMgC^2 + PMgC^3…) ∆G
∆Y/∆G = (1 + PMgC + PMgC^2 + PMgC^3...)
Por PG:
∆Y/∆G = 1 / (1 – PMgC)
Situação similar paraimpostos, mas o ganho de uma queda de impostos é limitado pelo fato de que pessoas poupam parte do ganho.
O desenvolvimento é similar, mas negativo, pela natureza inversa da política tributária, e multiplicado pelo PMgC de ∆T, ou seja, o que é de fato consumido.
Então: ∆Y/∆T = -PMgC /(1 – PMgC)

c) = 1 / (1 – 0,8) x 3 bi ( 15 bi = ∆Y
d) quero chegar a 15
-0,8 x 5 x ∆T = 15 ( ∆T = - 3,75 bilhões2ªQuestão) a) No CP, LM se desloca para direita e há aumento da renda nacional Y e diminuição da taxa de juros. No longo prazo, o nível do produto é maior que o de pleno emprego (determinado pela OALP), há pressão para aumento dos preços, então, (M/P) diminui, deslocando a LM novamente para a esquerda.
[pic]
b) Com o aumento dos gastos públicos, desloca-se a IS para a direita. No CP, aumenta arenda e a taxa de juros real. No longo prazo, com o produto maior que o de pleno emprego, pressão para aumento os preços, assim, diminuindo a oferta de saldo monetários reais (M/P), e deslocando a LM para a esquerda. O produto volta ao de pleno emprego, mas com uma taxa de juros real maior.
[pic]
c) Com aumento da demanda por investimento, desloca a IS para direita, assim como no caso anterior(olhar gráficos da letra b).

d) Uma queda da demanda por moeda desloca a LM para a direita. No CP, observamos uma queda dos juros e aumento da renda. No LP, temos produto maior que o de pleno emprego, pressão para aumento dos preços e, então, deslocamento da LM para esquerda. Portanto, no LP, renda e juros reais constantes.
[pic]

e) O aumento da oferta de moeda desloca a LM para a direita, e adiminuição dos impostos desloca a IS para a direita. No CP, o nível de renda aumenta, já a taxa de juros, não podemos definir. No LP, os preços aumentam para se retornar ao produto de pleno emprego da economia (a LM se desloca para esquerda). Portanto, a taxa de juros aumenta e o nível do produto permanece o mesmo.
[pic]

3ªQuestão) a)Falso. Como o multiplicador do gasto do governo é maior emmódulo do que o multiplicador dos tributos, e com o aumento dos gastos do governo maior que o aumento dos tributos, temos um aumento da despesa planejada. Portanto, desloca a curva IS, e aumenta a renda e diminui a taxa de juros, pois com o aumento da renda, aumenta a demanda por moeda, e como não houve mudança em M/P (oferta de moeda), haverá um aumento da taxa de juros para então diminuir ademanda por moeda.






b) Incerta, pois não podemos garantir o efeito na taxa de juros real. A política monetária expansionista aumenta Y, mas diminui r, já a política fiscal expansionista, aumenta Y e aumenta r,ou seja, o efeito sobre a taxa de juros é ambíguo, depende da magnitude dos choques.

c) Incerta. No curto prazo, a LM se desloca com a diminuição de M, observamos um aumento da...
tracking img