Economia descomplicada

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3255 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Faculdade Moraes Junior - Mackenzie Rio
Aluno: Jorge Ricardo de Oliveira
Curso: Administração Turma:06F Matr.31089313
Professor: Augusto Cesar



RESUMO : ECONOMIA DESCOMPLICADA



PROGRAMA 1 - Fundamentos de Economia

A palavra Economia vem do grego oikos (casa) e nomos(norma), e portanto trata da administracao da casa, da empresa, etc. A economia nos fornece todos os dados e ferramentas de analise e entendimento dos problemas que ocorrem no mundo atual, tais como a pobreza, o desemprego, a distribuicao de renda, o salario e ss condicoes de sobrevivencia.
O objeto de estudo da ciencia economica começa pelo proprio homem. O ser humano por natureza vem a serinsaciavel nos seus desejos, pois apos ter o primordial para sua sobrevivencia, como alimentos, vetuaria, moradia, etc, ele acaba por querer ter mais e mais coisas, ainda que aquem das suas possibilidades (viagens caras, carros zero km ou importados, roupas melhores).Quando isso ocorre, por nao haver condicoes do sistema acatar todos os desejos de uma só vez, surge a escassez. A escassez surge do revésentre a necessidade ilimitada do ser humano e dos recursos produtivos limitados que existem na atualidade. Quando isso ocorre a unidade politica em questão tem de fazer algumas escolhas, dando um novo significado a Economia: um estudo pelo qual a Sociedade escolhe o que produzir (escolhendo quais necessidades serao satisfeitas e em que quantidade), como produzir(utilizando-se meios de producaopara que se obtenha o maximo retorno de mercado no que foi investido) e para quem produzir ( qual será o destino da producao e como será a distribuicao da producao). Atraves de estudos aprofundados. a gestao politica habilita-se para tomar as melhores decisoes para estas questoes.
Afim de manter o equlibrio, esta gestao politica consegue mexer na politica de precos do mercado permitindo que sehouver excesso de producao o preco caia e se houver escassez do produto no mercado, o preco suba. China e Cuba apresentao uma outra gestao, mais centralizada, onde o Governo tem todo o poder economico em suas maos. Embora o tipo mais comum seja o de Economia mista, onde o Mercado e o Governo trabalham juntos em prol de um objetivo comum.
A todo momento faemos escolhas quanto ao que fazer com ovalor monetario que temos em nosso poder, sobre qual seria a melhor aplicao, o melhor investimento, a melhor aquisicao. E para isso desistimos de um bem em razao de outro. Daí surge o conceito de Custo de Oportunidade, onde demonstra-se o grau de sacrificio que se faz ao optar por um bem ou serviço em detrimento de outro que foi sacrificado. Entao o consumidor que decide alocar sua renda em umdetermicado bem ou serviço, deixa de investir este mesmo valor em acoes que lhe renderiam juros mensais fixos. Estes juros que nao foram recolhidos sao o custo de oportudidade do investidor.



PROGRAMA 2 - Microeconomia (parte 01)


A microeconomia atraves dos mecanismos de oferta e de demanda conseguem gerar equilibrio para as politicas de mercado que decidem o que, como e para quem produzirseus bens e serviços.
Quando um bem esta com pouca margem de venda no mercado, quando ele nao esta sendo solicitado o bastante pelos consumidores ocorre uma baixa no seu preço afim de alavancar as vendas, porem se este mesmo bem estiver numa fase de crecimento de vendas e estiver sendo muito bem aceito pelo mercado a sua tendencia ser valorizado e consequetemente o seu preço aumentará. Dessaforma o Governo consegue controlar os animos quantos ao consumo e producao de determinados produtos.
Da ótica da demanda, que vem a ser a procura que o mercado consumidor tem por determinado bem baseando-se no seu preco de venda, o consumidor que tem um produto com um preço baixo sente a vontade para comsumi-lo, porem se for o contrario o mesmo produto ficará encalhado na prateleira pois o cliente...
tracking img