Economia de escala

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 40 (9767 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Economia de Escala e Eficiência nos Bancos Brasileiros Após o Plano Real
Tarcio Lopes da Silva Paulo de Melo Jorge Neto
Mestre em Economia pelo CAEN/UFC e doutorando em Economia na UFRGS Professor do CAEN/UFC

RESUMO
Este estudo evidencia que houve um incentivo para a ocorrência das fusões e incorporações de bancos brasileiros no período após a implantação do Real. Este resultado refere-se àconstatação de que existe economias de escalas nos bancos brasileiros com ativos acima de um bilhão de reais. Tal conclusão é obtida estimando-se uma fronteira estocástica de custo translog por máxima verosimilhança e considerando-se a possibilidade de ineficiências dependerem de algumas variáveis relacionadas com o problema de Moral Hazard.

PALAVRAS-CHAVE
bancos, sistema financeirobrasileiro, economia de escala

ABSTRACT
This paper shows that there was a great incentive to Brazilian banks incur in fusion and acquisition after the Real Plan was established. This result is related to the existence of scale economies in Brazilian banks with more than one billion Real in asset. Such a conclusion is obtained with a stochastic frontier translog cost function, estimated bymaximum-likelihood, that allows explicitly for inefficiencies related to moral hazard problems.

KEY WORDS
Banks, Brazilian financial system, scale economies

JEL Classification
G21, C23, D82

EST. ECON., SÃO PAULO, V 32, N. 4, P. 577-619, OUTUBRO-DEZEMBRO 2002 .

578

Economia de Escala e Eficiência nos Bancos Brasileiros Após o Plano Real

INTRODUÇÃO
Um dos mais acentuados ajustes na economiabrasileira na década de noventa foi a reestruturação do sistema financeiro. A implantação do Real implicou uma profunda reorganização societária de grande número de bancos, iniciando-se com o efetivo apoio e intervenção do governo na forma do PROER e PROES, sendo seguida de uma reestruturação livre do mercado por meio de aquisições e fusões. Uma mudança importante foi o comportamento agressivodos bancos estrangeiros, quando o número de bancos com controle estrangeiro no Brasil passou de 37 em junho de 1995 para 52 em dezembro de 1998. Em termos porcentuais, tem-se uma mudança de participação de 15,4% para 25,6%, respectivamente. Como característica dessa evolução, verifica-se que a participação desses bancos saltou de 8,39% em 1995 para 23,19% em 1999 no total dos ativos da área bancáriae de 5,72% em 1995 para 19,75% no total das operações de crédito. Enquanto isso, a participação dos bancos privados nacionais caiu de 39,16% em 1995 para 33,11% em 1999 no total dos ativos da área bancária, e foi mantida uma participação próxima de 32% no total das operações de crédito. Como a redução dos ativos dos bancos privados nacionais é acompanhada da manutenção proporcional nas operaçõesde crédito, a capacidade competitiva destes deve ter sido mantida por meio de uma reestruturação na captação de recursos e uso de fontes de financiamento. Tal reestruturação foi ainda mais acentuada devido à perda de participação destes bancos no total dos depósitos a vista, que caiu de 38,8% em 1993 para 31,8% em 1999. Não sabemos, no entanto, como esta reestruturação tem afetado a performancedas instituições bancárias em questões ligadas à eficiência de escala. Sendo tal conceito ligado à relação entre os custos médios e o produto do banco, economias de escala ocorrem quando os custos unitários caem com o aumento do nível de atividade da firma. A obtenção de uma curva em forma de “U” sugeriria a existência de um ponto de escala ótimo onde os custos de produção são minimizados. Nestesentido, torna-se

Est. econ., São Paulo, 32(4):577-619, out-dez 2002

Tarcio Lopes da Silva, Paulo de Melo Jorge Neto

579

relevante que se investigue como o processo de fusão e aquisição de bancos no Brasil está relacionado com ganhos de escala. Este estudo pretende investigar a ocorrência de economias de escalas no sistema bancário brasileiro entre 1995 e 1999. Para isso, estimaremos...
tracking img