Economia de escala e escopo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1439 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE – FANESE
CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO









EVERTON LIMA


INTRODUÇÃO A ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

ECONOMIA DE ESCALA E ESCOPO










Aracaju – Se
2012.1

Everton Lima





Economia de Escala e Escopo
Faculdade de administração e Negócios de SergipeRelatório apresentado a FANESE- Faculdade de Administração e Negócio de Sergipe – Curso Superior de Engenharia de Produção. Como requisito para obtenção do título. Orientado pelo professor Saulo Bispo dos Reis.





























Aracaju – Se
2012.1
SUMÁRIO


1INTRODUÇÃO............................................................................................... 4
2 DADOS DA ORGANIZAÇÃO.......................................................................5
3 ANÁLISES...................................................................................................... 6
4 SUGESTÕES/CONCLUSÕES ..................................................................... 10Resumo

O estudo foi desenvolvido no intuito de demonstrar a aplicação da economia de escala e escopo
Seguindo uma metodologia para organização das idéias do escopo foi subdividido vários segmentos setorial, produtos e aplicações, competência, segmentos do mercado, em números de níveis,
Para o estudo da pesquisa de Economia de escopo foram estabelecidos dados e citações

PalavrasChaves: Escopo, Citações, Economia























Introdução

Analisar os componentes básicos dos custos, discutir o conceito de custos no curto prazo, analisar o conceito de custos no longo prazo, descrever as fontes de economias de escala, identificar as economias de escopo
Do ponto de vista da economia, a questão dos custos é tratada como um processodecisório. O custo é aquilo que se perde por não saber aproveitar uma oportunidade ou não se faça o melhor investimento. Por este aspecto, decide-se se uma determinada atividade produtiva deve ou não continuar.
Os componentes básicos dos custos
Os custos considerados pelos economistas são os custos de oportunidade, definidos pelo valor da melhor alternativa de alocação de recursos.
Para oseconomistas, as empresas têm alguns custos que variam com a quantidade produzida e outros que são fixos.
No longo prazo todos os custos são ajustáveis, pois há tempo suficiente para que todos os fatores de produção sejam ajustados sem nenhum custo, na medida em que os custos variáveis mudam com o aumento do nível de produção, eles são considerados como uma função da quantidade produzida.Existem alguns outros importantes de custo, tais como custo médio, custo variável médio, custo variável fixo e custo marginal.

















Economia de Escala-

"Existe economia de escala quando a expansão da capacidade de produção de uma firma ou indústria causa um aumento dos custos totais de produção menor que, proporcionalmente, os do produto. Como resultado, os custosmédios de produção caem, em longo prazo". (Bannock et alii, 1977). (18)
Ainda no que concerne a economia de escala:
"Aquela que organiza o processo produtivo de maneira que se alcance, através da busca do tamanho ótimo, a máxima utilização dos fatores que intervêm em tal processo. Como resultado, baixam-se os custos de produção e incrementam-se os bens e serviços". (SAHOP, 1978).(18)
"Ganhos que se verificam no produto e/ou nos seus custos, quando se aumenta a dimensão de uma fábrica, de uma loja ou de uma indústria". (Seldon & Pennance, 1977). (18)
As economias de escala estão, de modo geral, associadas a dois tipos de fontes: as economias de escala reais e as economias de escala pecuniárias.
• As economias de escala são ditas reais se o fator que as...
tracking img