Economia criativa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2789 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ECONÔMIA
CRIATIVA

EVOLUÇÃO HISTÓRICA...

O termo Economia Criativa começou a ser empregado pelo governo australiano, em 1994, por meio do Projeto ‘Creative Nations’ (Nações Criativas). Esse projeto tinha o objetivo de fomentar o investimento nas artes em geral, mas principalmente elaborar uma política pública que preservasse a herança cultural dos aborígenes e reconhecesse os nativosaustralianos – que habitaram o território por mais de 40 mil anos antes dos europeus – como parte importante da construção da identidade do país.

Os colonizadores ingleses chegaram à Austrália no século XVIII, à partir daí o conceito atravessou o mundo e ganhou força na Inglaterra.

Em 1997, o então premiê britânico Tony Blair, diante de uma economia cada vez mais competitiva, analisou as contas doReino Unido, as tendências de mercado e as vantagens competitivas nacionais. Foram identificados 13 setores de maior potencial, batizados de Industrias Criativas, ou seja, que têm sua origem na criatividade, habilidade e talentos individuais e que apresentam potencial para criação de riquezas e empregos por meio de geração e exploração da propriedade intelectual.

As atividades culturaisganharam status de uma industria de verdade. Os britânicos pensavam exatamente no seu desenvolvimento, criando até um ministério da Industria Criativa. Após 10 anos, o segmento gerava uma receita maior que a da Industria Farmacêutica, correspondendo 8% do PIB.

Estas Industrias Criativas são representadas pelos setores que naturalmente já bebem cultura para devolver funcionalidade, ou seja, já usama criatividade como principal fator econômico.

Pelo Instituto de Economia Criativa no Brasil, o conceito utilizado para definir as atividades que estão sob conceito criativo, vai além do modelo britânico. O que inclui uma empresa na Economia Criativa é sua capacidade de se organizar de maneira a inovar, ou seja, o modo como desenha os processos, o modelo de negócios, como desenvolve ostalentos etc.
Tal classificação oficial tem como objetivo fomentar políticas de incentivo ao desenvolvimento dessas atividades, de maneira semelhante ao que fez o governo inglês, quando criou um ministério para apoiar as Industrias Criativas.


“Na economia criativa há um alto nível de conversas sobre idéias e todos participam do processo falando, ouvindo”, interagindo...
(John Howkins)DESENVOLVIMENTO...

Sonhos, sensações e projeções de sentimentos positivos são os produtos finais de um novo ramo econômico, que se alimenta de criatividade como matéria-prima principal, ou seja, toda atividade que cria valor a partir da capacidade intelectual.

As companhias adotam essa postura de inovação e passam a trabalhar com o imaginário do consumidor, procurando antecipar os seusdesejos para estar à frente no mercado. Essas companhias compõem a chamada Economia Criativa, vendem benefícios intangíveis e despontam com um novo perfil de profissionais e de gestão de pessoas.

É uma tendência que propõem transformar o modelo econômico atual. Esse conceito surge para sistematizar e denominar essa tendência que já é praticada á tempos. Abrange as atitudes que tem comoprincipal insumo e criatividade humana e o capital intelectual. Esta diretamente relacionada com a criação, planejamento, produção, distribuição e divulgação de produtos e serviços.
Basicamente, analisa-se a capacidade individual de exercitar a imaginação através do seu conhecimento e cultura, visando inovação constante com objetivo de criar fatores que geram potencial econômico.
Economia Criativa é umaanálise dos fatores geradores de riquezas, admitindo as necessidades de novos parâmetros para a sobrevivência e evolução. Não apenas um setor novo da economia mundial, mas sim uma leitura diferente dos fatores econômicos e do comportamento sócio-cultural do individuo e suas localidades, focando principalmente em como garantir um futuro sustentável e mais equilibrado com as nossas necessidades...
tracking img