Economia brasileira

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2881 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ECONOMIA BRASILEIRA

INTRODUÇÃO:

A economia brasileira, neste começo do século XXI, caminha para a auto sustentabilidade energética, o domínio da inflação, a modernização da indústria e a exportação ancorada, principalmente, no agronegócio.
Antes o Brasil vivia de café, essa industrialização começou com Getúlio Vargas e foi reforçada com Juscelino Kubitscheck.

A Economia brasileiraAS RAÍZES DA INSDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRA

1. A indústria de base de Getúlio Vargas

O governo de Getúlio Vargas deu impulso na economia brasileira com duas fundações que iniciaram o perfil da nossa indústria. São elas:

* A criação da CSN (Companhia Siderúrgica Nacional).
* A criação da Petrobrás.
* A citação da criação do BNDES como conquista da sociedade brasileira, ainda queno segundo governo Vargas.
A CSN foi fundada em volta Redonda, no Rio de Janeiro, na década de 40. O governo brasileiro passara a investir em indústrias de base, mostrando forte tendência ao criar estatais neste segmento. Com a volta democrática de Getúlio Vargas, foi criada a Petrobrás em 1953, sendo que o modelo estatal passou a funcionar de forma monopolizada. Esse conjunto de ações vai aoencontro do modelo Keynesiano, que significa um elevado grau de intervenção do Estado na Economia. Esse modelo somente se esgota na década de 70.

2. A modernização da economia com governo de Juscelino Kubitschek

O governo de Juscelino Kubistchek de Oliveira lançou bases de uma política “desenvolvimentista” que mudou muito a industrialização brasileira. Du lema era 50 anos em 5.
As basesdeste modelo desenvolvimentista eram as seguintes:

* No fim da década de 50, Juscelino assume a presidência do Brasil lançando as bases de uma política desenvolvimentista que privilegia a vinda do capital estrangeiro com incentivos fiscais e garante insumos mediante as indústrias estatal de base.
* Incentivava o modelo rodoviarista nos transportes nacionais em substituição dasferrovias.

Principais Ações de Juscelino Kubitschek

Criação do Plano de Metas, que obteve grande sucesso, atraindo o capital internacional. Todas as ações relacionadas ao Plano de Metas contaram com a efetiva participação do economista Celso Furtado.
Criação do GEIA ( Grupo Executivo da Indústria Automobilística) em 16 de junho de 1956, atraindo grandes montadoras ( VW, por exemplo).Fundação da FN (Fábrica Nacional de Motores), empresa estatal que fabricava caminhões com a tecnologia européia. Durante muitos anos FENEMÊ significou caminhão.

Indicadores Econômicos

Para analisarmos a atividade econômica do Brasil precisamos de alguns dados que refletem o seu desempenho. São eles:

A) o PIB (Produto Interno Bruto);
b) a taxa de juros;
c) a inflação;
d) o risco país.* O PIB
O produto interno bruto é o principal indicador da atividade econômica de um país. Ele significa a soma de tudo que é produzido no território nacional.
O PIB brasileiro na década de 90, nos governos Itamar Franco e Fernando Henrique Cardoso, teve um baixo crescimento. Nessa época, somente no ano de 194 houve avanço impulsionado pelo crescimento do consumo do povo brasileiro com oPlano Real. Em seguida, as crises financeiras internacionais fizeram com que o PIB crescesse devagar.
O ano de 2000 vem com uma ligeira melhora no PIB, mas em 2002, por causa da eleição presidencial, o PIB cai novamente. Durante o primeiro ano do governo Lula, o PIB fica próximo de zero. No entanto e 2004, o PIB teve um grande crescimento, alcançando 5,2%. Nesta mesma época, O Brasil, quebra recordesde exportação, principalmente por causa da soja.

* COMPOSIÇÃO DO PIB

O PIB é composto por três setores da atividade econômica de u país;
São eles:

a) Agropecuária;
b) A indústria;
c) o setor de serviços.

Obs.: Atualmente o setor que responde pela maior parcela do PIB nacional é o de serviços com 54% do total.

* O PIB PER CAPITA

Para calcularmos o PIB per capita basta...
tracking img