Economia brasileira

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (309 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A economia brasileira com o desenvolvimento de um setor industrial que desde o século XIX tem sido notável. Iniciando como um setor muito simples subsidiário á principal atividade econômica aprodução e exportação do café, que passou por uma fase de rápida industrialização via substituição de importações no período que a abrange a década de 1930 até meados de 1950.
Os dados do crescimentoindustrial desde o início do século mostraram uma distinção muito clara nas tendências de longo prazo, antes e depois da depressão de 1930, logo no primeiro período, a taxa de crescimento foi moderada e asflutuações cíclicas foram muito frequentes e bruscas, com anos de taxas de crescimento negativas ou próximas de zero. No segundo período, a taxa de crescimento deu um salto e ocorreram flutuaçõescíclicas menores e menos pronunciadas.
Como consequência a política econômica nos dois períodos demorou substancialmente. No primeiro, a filosofia da política econômica era da do liberalismo econômico, como mercado de cambio livre, tarifas fiscais protecionistas, enfim uma política orçamentaria equilibrada e severidade monetária. A única intervenção do governo no mercado foi para sustentar o (programade valorização do café) onde o governo comprava o excesso produzido para casual destruição do produto.
No segundo período poderia se caracterizado por um abandono do liberalismo econômico referenteao primeiro período, com crescente intervenção do governo na economia, especialmente para a sustentação do setor cafeeiro, e no mercado cambial. Teve outra parte que teve por início na metade dos anos50, nesta fase teve uma política deliberada de desenvolvimento industrial que foi praticada consistindo um imposto ad valorem, que era muito protecionista, combinado com uma política cambial quesubsidiava as importações de bens e insumos básicos: como atração de investimentos eternos diretos para o desenvolvimento das indústrias de bens de capital e de consumo durável, políticas fiscais,...
tracking img