Econometria financeira

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3454 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ECONOMETRIA
INFLUÊNCIA DOS ÍNDICES DOW
JONES INDUSTRIAL AVERAGE E
NIKKEI-225 SOBRE O IBOVESPA


GUSTAVO ELIAS PENA
IBMEC-MG
BRENO GUELMAN
IBMEC-MG
HENRIQUE RABELLO
IBMEC-MG Ciências Econômicas
Econometria | 2
SUMÁRIO:
1 – Introdução 3
2 – Referencial Teórico4
3 – Metodologia e Discussão dos Dados 6
4 – Resultados Econométricos 8
5 – Conclusão 12
6– Bibliografia 13
Ciências Econômicas
Econometria | 3
1. INTRODUÇÃO
O mercado de capitais no Brasil atingiu uma nova dimensão. Um grande interesse
nessa área surgiu nos últimos anos e com isso a Bolsa de Valores de São Paulo, a
BOVESPA, se tornou parte do dia-a-dia de muitos brasileiros etambém de muitos
investidores internacionais.
O mercado financeiro é o mecanismo através do qual se tem uma troca de ativos
financeiros e onde também se determina seus preços. A bolsa de valores representa
apenas uma parte do mercado financeiro, porém tem grande importância no seu
desenvolvimento e no crescimento do país, gerando recursos para as empresas e
tornando-se opção de investimento tantopara pessoas físicas como jurídicas.
O cenário macroeconômico mundial ajuda a explicar esse interesse demasiado na
bolsa. Taxas de juros básicas de vários países - incluindo a do Brasil - estão em queda, e
com isso, a renda fixa deixa de ser atrativa do ponto de vista do investidor, que migra para
investimentos mais ousados, como as ações.
O Brasil, por ser considerado um mercado emergente,parte do grupo BRIC (Brasil,
Rússia, Índia e China), atrai ainda mais os investidores externos, que vêem no país a
possibilidade de bons ganhos com seu capital.
Podemos dizer que o mercado financeiro do Brasil teve origem com a criação do
Banco do Brasil, em 1808, viabilizado pela vinda de D. João IV e a família real, e desde
então muito se evoluiu, com a chegada de bancos e empresasinternacionais, vindos
principalmente dos EUA, e com a legislação atuando no trâmite das movimentações
financeiras.
O mercado financeiro vem sofrendo várias transformações devido à tendência de
globalização ocasionada pelo avanço tecnológico atual. Observamos a criação de um
mercado global, onde a figura dos players internacionais é bastante influente, gerando
uma alta liquidez nas bolsas pelomundo. Tudo isso faz com que haja uma sensibilidade
dos mercados às turbulências externas, ou seja, uma crise em um país economicamente
ativo irá influenciar qualquer outra economia mundial. Ciências Econômicas
Econometria | 4
Algo interessante de se analisar é quanto o mercado externo influencia o mercado
de capitais brasileiro. Em outras palavras, como as cotações dos ativos das bolsas depaíses com uma forte economia atingem as da bolsa brasileira.
O Brasil, em 2005 importou US$ 15.4 bi dos os EUA e exportou US$ 24.4 bi para o
mesmo, correspondendo assim a 20% das exportações totais brasileiras. Tendo como
maior parceiro comercial os Estados Unidos, o Brasil está sujeito a sofrer impactos que
tenham origem na economia norte-americana, possuindo assim um alto grau de
dependência.Sabendo da importância da economia asiática, não se pode esquecer de analisar o
peso desses países sobre o Brasil. Sendo o Japão uma das maiores economias do
mundo, o resultado das cotações de sua bolsa de valores tem impacto no mundo inteiro.
A globalização dos mercados internacionais e a dependência econômica brasileira
em relação a outras economias do mundo serviram de motivação para...
tracking img