Econimia brasileira.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2634 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Unidade 1- A Empresa Mercantil Colonial

1- Quais as diferenças entre as vias colonial, clássica e prussiana de constituição do capitalismo?
A expressão “da via colonial à mundialização” deve-se a J. Chasin que, ao investigar a particularidade do processo de constituição do capitalismo no Brasil, Inglaterra ou da chamada via prussiana (Alemanha e Itália) onde as formações clássicas (França eInglaterra). No Século XVIII ocorreram transformações político-econômicas decorrentes das revoluções democráticas-burguesas, Revolução Industrial (Inglaterra). A Via Prussiana foi seguida pelos países de industrialização retardatária, no século XIX, esses países conquistaram a autonomia econômica, narrados pela ausência de processos democráticos de emancipação, Via Colonial: Portugal e Espanha,Prussiana foi a passagem do Feudalismo para o capitalismo.
Clássica – Autonomia (Política – Burguesia)
Os países líderes do capitalismo construíram seu desenvolvimento pela via
clássica. Nesses países, a partir do século XVIII, ocorreram transformações político-econômicas decorrentes das revoluções democrático-burguesas.

Colonial – Existe uma Burguesia, não tem autonomia Política.
Os países devia colonial somam o atraso econômico ao democrático. A ausência de revoluções democrático-burguesas e a existência de grandes propriedades de terra são algumas das semelhanças entre a via prussiana e a via colonial.
Prussiana – Não existem mudanças do poder.
A via prussiana foi seguida pelos países de industrialização retardatária, no
século XIX. Esses países conquistaram a autonomiaeconômica, marcados pela ausência de processos democráticos de emancipação.

2- Como podemos caracterizar a forma de inserção da economia brasileira no cenário colonial internacional?
A inserção da economia brasileira na divisão internacional do trabalho está posta desde a colonização da América enquanto continente, a partir da empresa mercantil e colonial do século XVI. Desde o início da nossa históriaestamos diante da problemática da nossa emancipação.

3- Quais as diferenças mais marcantes entre colônias de exploração e povoamento?
Colônias de Exploração: os europeus buscavam explorar tudo o que a terra colonizada tinha para oferecer, sem pensar no seu futuro e em planejar uma estrutura sólida de desenvolvimento para a terra colonizada, Colônias de Povoamento: os colonizadores seencaminharam para as colônias sem a intenção de retornar para a Metrópole e, por isso, planejaram a estrutura da colônia com o objetivo de construir uma nação com bases sólidas, pensando no futuro das futuras gerações da mesma. Colônia de povoamento - ocorre quando o objetivo e povoa e investir no desenvolvimento do povoado. Exemplo: a forma de povoamento dos Estados Unidos pela Inglaterra, onde este eraestimulado a desenvolver.
Colônia de exploração - aqui o objetivo é tirar proveito da colônia, sem saber se esta desenvolvendo ou não. O que importa é o lucro que se esta tendo. Exemplo: a colonização o Brasil, por Portugal. Onde o Brasil era visto como o baú do tesouro.

4- Quais as principais características da empresa colonial?
A empresa colonial destina-se a atender às necessidades delucros da metrópole e da sua burguesia.
No Brasil colonial: a mão de obra usada foi a escrava; o vulto(investimento) usado necessários à instalação de um engenho tornava a atividade impossível para o pequeno produtor; não era possível atrair mão de obra livre. O africano foi escolhido. Razões da escolha: o tráfico era fonte de lucro; a escassez populacional na Europa; Portugal já tinha experiênciacom mão de obra africana na África, antes de descobrir Brasil.
A Igreja colocou entraves (dificuldades na escravidão do Indígena). Lucrava-se na compra do açúcar, do senhor de engenho, e lucrava-se com a venda de escravos. Vender negros era uma forma de transferir riqueza da colônia para a metrópole.

5- Qual foi a influencia exercida pelas ideias mercantilistas sobre a política econômica...
tracking img