Ecomonia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1435 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Plano Real

Sumário

Introdução.................................................................................................................1

Historia do plano Real ..............................................................................................1

Principais Características de Implementação ..........................................................3

Efeito Regulador......................................................................................................3

Crise Econômica de 2001.........................................................................................5

Minhas Considerações finais....................................................................................6

INTRODUÇÃO

Plano Real foi um programa brasileirocom o objetivo de estabilização econômica, iniciado oficialmente em 27 de fevereiro de 1994. Tal Medida Provisória instituiu a Unidade Real de Valor (URV), estabeleceu regras de conversão e uso de valores monetários, iniciou a desindexação da economia, e determinou o lançamento de uma nova moeda, o Real, criação de regulamentos e diretrizes para emissão de moeda.
O programa foi o mais amploplano econômico já realizado no Brasil, e tinha como objetivo principal o controle da inflação. Utilizou-se de diversos instrumentos econômicos e políticos para a redução da inflação que chegou a 46,58% ao mês em junho de 1994, época do lançamento da nova moeda.
O Plano Real mostrou-se como o plano de estabilização econômica mais eficaz da história, reduzindo a inflação, ampliando o poder decompra para à população.

História

Em 19 de maio de 1993 Fernando Henrique Cardoso foi convidado ao cargo de Ministro da Fazenda pelo Presidente Itamar Franco, assumindo perante o país o compromisso de acabar com a inflação, ou pelo menos reduzi-la. Fernando Henrique era sociólogo de renome no Brasil e no exterior, e vinha ocupando o cargo de Ministro das Relações Exteriores. O novoministro foi então recebido com entusiasmo, pois refletia uma possibilidade real de solução dos problemas, principalmente devido à sua capacidade intelectual e conhecimento social em nível global.

Em 1º de agosto de 1993, o ministro promoveu a sétima mudança de moeda do Brasil, de Cruzeiro para Cruzeiro Real, para efeito de ajuste de valores.
A intenção do governo era repetir maisuma vez a prática de "cortar três zeros", porém, no mesmo mês de lançamento do Cruzeiro Real a inflação foi de 33,53%, e em janeiro de 1994, de 42,19%.
A partir de 28 de fevereiro de 1994, iniciou-se a publicação dos valores diários da Unidade Real de Valor (URV) pelo Banco Central. Serviria como moeda escritural para todas as transações econômicas, com conversão obrigatória de valores,promovendo uma igualdade geral da economia.
A partir de 1º de março de 1994, criou o Fundo Social de Emergência (FSE) que visava aprofundar o ajuste fiscal das contas públicas. Aprovação do imposto fiscal sobre, movimentações financeiras para auxiliar o governo federal a equilibrar suas contas.
Em 30 de março, Rubens Ricupero assumiu o Ministério da Fazenda para substituir FernandoHenrique, que deixou o governo para se candidatar a presidência da República. Em 30 de junho de 1994, encaminhou ao presidente Itamar Franco a exposição de motivos para a implantação do Plano Real.
Em 1º de julho de 1994 houve a culminância do programa de estabilização, com o lançamento da nova moeda, o Real (R$). Toda a base monetária brasileira foi trocada de acordo com a paridade legalmenteestabelecida: CR$2.750,00 para cada R$1,00. A inflação acumulada até julho foi de 815,60%, e a primeira inflação registrada sob efeito da nova moeda foi de 6,08%, mínima recorde em muitos anos.
Devido à corrida inflacionária, entre 1967 e 1993 o Brasil teve seis moedas diferentes: Cruzeiro Novo (1967), Cruzeiro (1970), Cruzado (1986), Cruzado Novo (1989), Cruzeiro (1990) e Cruzeiro Real...
tracking img