Durkheim

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3562 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1

Conceitos básicos em Durkheim

 Fato social: consiste em maneiras de agir, pensar e sentir, que exercem força sobre
os indivíduos, obrigando-os a adaptarem-se às regras da sociedade. O que as pessoas
sentem, pensam ou fazem, é um comportamento estabelecido pela sociedade. É algo
que já estava lá antes e que continua depois e que não dá margem a escolhas. Para
um ato ser identificado como fatosocial, tem de atender a três características:







Coercitividade: está relacionada ao poder ou força com a qual os padrões
culturais de uma sociedade se impõem aos indivíduos, obrigando-os a
cumprí-los.
Exterioridade: está relacionada ao fato de que o indivíduo deve recorrer,
por exemplo a educação, para aprender a forma com que a sociedade já
está organizada
Generalidade: os fatos sociaisnão existem para um único indivíduo, mas
para toda a sociedade.

Capítulo 3 – Regras Relativas à Distinção Entra o Normal e o Patológico
Introdução:

 Fenômenos normais: os que são como deviam ser.
 Fenômenos patológicos: os que deviam ser diferentes do que são.
 Ela nada nos ensina sobre aquilo que devemos querer, ou seja, sobre
nosso inconsciente (sentimentos, instintos, etc.), “Deixa oscorações na
obscuridade”.
 Observa e explica, mas não julga os fatos.
 Os fatos, para ela, não são censuráveis, ou seja, não há bem e mal.
O conhecimento do que é real é nos dado pela ciência, mas se
agimos com ou quase com o inconsciente, então ela perde em eficácia
prática. A ciência nos dá as causas dos efeitos e podemos produzí-los,
por isso, a nosso gosto. Com isso, realizamos os fins queperseguimos
por razões supracientíficas.
O conhecimento do que é real é nos dado pela ciência, mas se agimos com ou
quase com o inconsciente, então ela perde em eficácia prática.

2

A ciência nos dá as causas dos efeitos e podemos produzí-los, por isso, a nosso
gosto. Com isso, realizamos os fins que perseguimos por razões supracientíficas.
Método ideológico: permite escapar do misticismo ou de seencontrar os fins
pelo inconsciente. Os que o praticavam eram demasiadamente racionalistas para
admitir que a conduta humana tem necessidade de ser dirigida pela reflexão, pelo
inconsciente.
A saúde é definida como boa e desejável e a doença, algo ruim que deve ser
evitado. Porém, a ciência só define a saúde em conceitos gerais, mais comuns e não
individuais
O pensamento não é inútil à ação: oestado de saúde deve servir de base a todos
os raciocínios práticos.
Desta forma:
 O fato ou fenômeno normal é a saúde.
 O fato ou fenômeno patológico é a doença.
Não há abismo entre ciência e arte. A arte é um prolongamento da ciência.
Será que a insuficiência prática da ciência não irá diminuir à medida que ela
exprime a realidade individual?

I

Sofrimento não é indício de doença. Há relaçãoentre os dois, mas não há
constância. Existem doenças graves que não causam dor e pequenas perturbações, como
um cisco no olhos, que causam grande sofrimento. A ausência de dor ou prazer também
podem indicar doença. A dor também acompanha a fome e o parto, que são fenômenos
fisiológios e não patológicos.
Não se pode dizer que a saúde seja a perfeita adaptação do organismo ao meio e
nem que a doençaseja a não adaptação com o meio. Isso porque não foi comprovado se
há uma relação entre cada estado do organismo com o meio externo. Ainda assim, seria
preciso um princípio ou critério que determinasse qual modo de se adaptar é mais
perfeito que outro.
A saúde também não pode ser entendida como um estado do organismo em que
as possibilidades de sobrevivência atingem o máximo e nem a doença comoaquilo que
diminui essas possibilidades. Como exemplo, a doença produz o enfraquecimento do
organismo, mas nem por isso, idosos e crianças, que estão em estado normal de
fraqueza, são vistos como doentes.

3

A doença nem sempre leva a morte. Ela apenas nos obriga a adapatar-nos de
modo diferente do da maior parte de nossos semelhantes. Quem tem gastrite, por
exemplo, deve seguir uma dieta, para...
tracking img