Durkheim

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1520 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
s como resultado acumulado e progressivo de decisões e interações cotidianas. (Gilberto Velho, in: Observando o Familiar)
A origem dos shoppings-centers e um breve panorama regional

A palavra shop quer dizer comprar e a palavra Center significa centro, ambas derivadas do inglês, o que na tradução brasileira ficaria algo como Centro de Compras. E é o que realmente observamos na prática. Desdea Antiguidade é necessário a criação de grandes centros comerciais para que haja a permuta de mercadorias – não comparadas aos Shoppings dos quais falamos -, no entanto, com o avanço do capitalismo e da globalização, a situação que observa é de proporções gigantescas. O primeiro grande centro, localizado no atual Irã, chamado O Grande Bazaar, data do século X a.C. com 10 km de estrutura coberta.Já na Inglaterra, o fenômeno vai aparecer em 1774, enquanto nos Estados Unidos acontece um pouco mais tarde, apenas em 1828.
No caso brasileiro, com sua industrialização tardia, potencializada em grande parte pelo governo JK, o país só apresentará seus primeiros shoppings no início da década de 60, com a abertura do Shopping Iguatemi e o Shopping do Méier, na capital paulista. No Rio Grande doNorte, em Junho de 1992, o precursor instala-se em Natal, e tem por nome Natal Shopping – há divergência sobre qual seria mesmo o primeiro shopping natalense, já que o Shopping Cidade Jardim aparece na mesma época, e os dois alegavam ter os critérios para o que se define como shopping Center.

O que permanece na civilização construída a partir do shopping center é a segregação, mas não mais doschamados desajustados. Todos são assim considerados, porque o desejo de protegê-los do mundo externo segrega todas as crianças, jovens e adultos nos limites do seu contorno. E ao mesmo tempo desenrola-se uma pedagogia do medo: o medo do outro, o medo do espaço público, o medo da liberdade. O que se constrói é uma visão de seres humanos ensimesmados, individualistas, consumistas, competitivos,egoístas e amedrontados. (RODRIGUES, 1999, p. 77)

Há um pouco de tudo nesses grandes espaços, sendo comparado até a uma pequena cidade. Onde encontraremos bancos, farmácias, supermercados, restaurantes, cinemas, teatros, livrarias, etc. Portanto, mesmo quem realmente não tem interesse em passear pelo shopping, acaba frequentando-o por um ou outro motivo. É claro que esses itens não estãoocasionalmente lá e sim por motivos estratégicos, para que, ao passar por ali, o indivíduo sinta-se seduzido as demais opções de consumo oferecidas.
O papel que a sociedade de consumo exerce sobre a população é muito determinante. Por todo lado a mídia faz seus bombardeios. O vínculo com o shopping está presente em todos os lugares, seja em novelas (onde geralmente há o retrato de mulheres que fazemcompras para acabar com o “estresse”), filmes, músicas, propagandas “inocentes” nas páginas sociais ou em vinhetas já conhecidas do público natalense como a do “o que é que faz a gente mais feliz? O shopping, o shopping!”. Em síntese, em todo lugar somos vítimas de certos apelos comerciais e não nos damos conta. Mas acontece que o “culto ao shopping” se dá de forma inconsciente e às vezes puramentecondicionada, o que explica o fato do Midway Mall ter virado um point hoje em dia.

A pesquisa etnográfica no shopping midway mall

A pesquisa etnográfica se traduz, sobretudo, pela percepção e conhecimento sobre o que antes era familiar e agora precisa, para este estudo, ser parte de uma atmosfera desconhecida.
Após realizarmos pesquisa no Shopping Midway Mall, nosso objeto de estudoneste ensaio, foram observados inúmeros aspectos que chamam atenção nas relações, ações e gestos das pessoas que freqüentam o mesmo. O horário noturno foi o foco prioritário do nosso trabalho.
No início da noite encontramos muitas pessoas fardadas, algumas que passeavam por entre as lojas, outras que apenas sentavam-se nos bancos encontrados pelos corredores do shopping. Havia um olhar observador...
tracking img