Dureza

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2665 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA
CENTRO TECNOLÓGICO
DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA
DISCIPLINA: EMC 5110 LABORATÓRIO EM PROPRIEDADES MECÂNICAS

AULA PRÁTICA 02: ENSAIO DE FLEXÃO
ALUNOS: LEONARDO K. ZIERKE, HUGO MENESES

FLORIANÓPOLIS, 02 DE MAIO DE 2012
Sumário
1. INTRODUÇÂO 3
2. Dureza Brinell 4
2.1. Algumas Vantagens que este ensaio oferece 5
2.2. As desvantagensque oferece 5
3. Dureza Rockwell 6
3.1. Descrição do Processo 6
3.2. Vantagens 9
3.3. Desvantagens 9
4. Dureza Vickers 10
4.1. Vantagens 12
4.2. Desvantagens 12
5. Resultados Experimentais 12
5.1. Cálculos de dureza Vickers 14
5.2. Cálculo da Tenacidade à Fratura (KIc) 15
6. Ensaio de KIc 16
6.1. Requisitos do corpo de prova 16
6.2. Pré-Trincas de Fadiga 19
6.3.Execução do Ensaio 20
6.4. Comentários 21

1. INTRODUÇÂO
A propriedade mecânica denominada dureza é amplamente utilizada na caracterização de materiais, nos estudos e pesquisas mecânicas e metalúrgicas e na comparação entre diferentes tipos de materiais.
Existem praticamente três tipos principais de ensaio de dureza e podem ser divididos, mudando a forma como são conduzidos, em: porpenetração, por choque e por risco. Este último é raramente utilizado. Sendo os dois primeiros, por penetração e por choque, os mais utilizados.
Neste relatório serão discutidos três tipos de ensaios de durezas (por penetração): Ensaio de Brinell, Rockwell e Vickers. Além disso, serão utilizados os resultados dos ensaios de dureza para obter a tenacidade à fratura (KIC) de diferentes tipos demateriais propostos.

2. Dureza Brinell
É um ensaio onde pose se relacionar os resultados de resistência à tração com os valores obtidos no próprio ensaio.
O ensaio de dureza Brinell consiste em comprimir lentamente uma esfera de aço temperado, de diâmetro D, sobre uma superfície plana, polida e limpa de um metal, por meio de uma carga F, durante um tempo t, produzindo uma calote esférica dediâmetro d .
A dureza Brinell é representada pelas letras HB (Hardness Brinell ou dureza Brinell) e é a relação entre a carga aplicada (F) e a área de calote esférica impressa no material ensaiado (Ac).
HB= FAc
Onde AC= π D p onde p é a profundidada crátera.
Então a equação fica.
HB= F π D p
Mas como o valor de D é muito pequeno, resulta difícil medi-la tecnicamente. Então é utilizada umarelação matemática que relaciona a profundidade p com o diâmetro da calota D, obtemos assim a formula que permite o calculo da dureza HB
HB= 2FπD(D-D2-d2)
O ensaio padronizado, proposto por Brinell, é realizado com carga de 3.000 kgf e esfera de 10 mm de diâmetro, de aço temperado. Para materiais mais moles a força pode ser reduzida para 1500 ou 500kfg. Quanto menor for o diâmetro da calota esféricamaior é a dureza do material.
O símbolo HB recebe um sufixo formado por números que indicam as condições específicas do teste, na seguinte ordem: diâmetro da esfera, carga e tempo de aplicação da carga.
Exemplo: 85HB 10/1000/30.
Representa um valor de dureza Brinell 85, medido com uma esfera de 10 mm de diâmetro e uma carga de 1.000 kgf, aplicada por 30 segundos.

A relação que existe entrea resistência à tração com a dureza Brinell é dada pela formula
σB=k*HB (kgfmm2)
Onde k é um valor tabelado para cada material.
2.1. Algumas Vantagens que este ensaio oferece
-Baixo tempo de Preparação das superfícies;
-Baixo custo de equipamentos;
-É o único ensaio possível para materiais pouco homogêneos .
2.2. As desvantagens que oferece
-Dureza máxima admissível igual a500HB, dureza maiores danificam a esfera;
- Em alguns materiais podem ocorrer deformações no contorno da impressão, ocasionando erros de leitura (Gráficos abaixo);
-É necessário um acabamento superficial mínimo;
-Impressões grandes, podem inutilizar a peça.
Impressões com defeito
Bordas abauladas (Dificultam leitura)

Bordas abauladas (Dificultam leitura)

Aderência do material à...
tracking img