Dureza da água

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2359 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Estadual de Santa Cruz
Departamento de Ciências Exatas e Tecnológicas

Determinação da Dureza Total da Água
Com Solução Padrão de EDTA

Ilhéus – Bahia
Abril / 2010
. Introdução:

Existem muitas definições diferentes para “análise química”. Talvez seja mais favorável defini-la como a aplicação de um processo ou de uma série de processo para identificar ou quantificaruma substância, ou os componentes de uma solução ou mistura ou, ainda, para determinar a estrutura de compostos químicos (VOGUEL, 1992).

Quando o analista recebe uma amostra completamente desconhecida, a primeira coisa que deve fazer é estabelecer que substâncias estejam presentes. Essa questão pertence ao domínio da análise qualitativa (VOGUEL, 1992).

Uma vez conhecidas assubstâncias presentes na amostra, o analista deve, freqüentemente, determinar quanto de cada componente, ou de determinado componente, está presente. Essas determinações pertencem ao domínio da análise quantitativa, e uma grande variedade de técnicas está à disposição do analista para esse fim (VOGUEL, 1992).

Um dos problemas do analista é selecionar uma dentre as várias possibilidades deanálise de uma determinada amostra. Para escolher melhor, o analista deve conhecer os detalhes práticos das diversas técnicas e seus princípios teóricos. Ele deve estar familiarizado também com as condições nas quais cada método é confiável, conhecer as possíveis interferências que podem atrapalhar e saber resolver quaisquer problemas que eventualmente ocorram. O analista deve se preocupar com aacurácia e a precisão, o tempo de análise e o custo, principalmente (VOGUEL, 1992).

As principais técnicas usadas em análise quantitativa baseiam-se na reprodutibilidade de reações químicas adequadas, em medidas elétricas apropriadas, na medida de certas propriedades espectroscópicas, no deslocamento característica, sob condições controladas, de uma substância em um meio definido (VOGUEL,1992).

O acompanhamento quantitativo das reações químicas é a base dos métodos tradicionais ou “clássicos” da análise química: gravimetria, titrimetria e volumetria (VOGUEL, 1992).

Na análise titrimétrica, efetuada na prática, às vezes chamada de análise volumétrica, trata-se a substância a ser determinada com um reagente adequado, adicionado na forma de uma solução padronizada,e determina-se o volume de solução necessário para completar a reação. As reações titrimétricas comuns são as de neutralização (reações ácido-base), a complexação, a precipitação e as reações de oxidação-redução (VOGUEL, 1992).

O termo “análise volumétrica” foi usado para denominar esta modalidade de determinação quantitativa, mas, hoje, refere-se à expressão análise titrimétrica. Arazão para isto é que “analise titrimétrica” expressa melhor o processo de titulação (VOGUEL, 1992).

Nessa técnica, alguns produtos químicos são freqüentemente usados em determinadas concentrações como solução de referência. Estas substâncias são conhecidas com padrões primários ou padrões secundários. Um padrão primário é um substancia suficientemente pura para que se possa preparar umasolução padrão por pesagem direta e diluição até um determinado volume de solução (VOGUEL, 1992).

Um padrão primário deve satisfazer os seguintes requisitos (HARRIS, 2005), (VOGUEL, 1992):

1. Deve ser fácil obter, purificar, secar (de preferência entre 110 e 220oC) e preservar em estado puro;
2. A substância não deve se alterar no ar durante a pesagem;
3. A substância deve poderser testada para impurezas por ensaios qualitativos ou por outros testes de sensibilidade conhecida;
4. O padrão deve ter massa molecular relativa elevada para que os erros de pesagem possam ser ignorados;
5. A substância deve ser facilmente solúvel nas condições de trabalho;
6. A reação com a solução padrão deve ser estequiométrica e praticamente instantânea.

Um padrão...
tracking img