Durabilidade do concreto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 28 (6939 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Marcos Carnaúba
SOLUÇÕES DE ENGENHARIA
CREA 3034-D-PE/AL

1/20

CONSIDERAÇÕES SOBRE DIRETRIZES PARA A DURABILIDADE DO CONCRETO, COM VISTA À REVISÃO DA NBR 6118:2003

1. INTRODUÇÃO
Tendo iniciado o seu viger no ano de 2004, a NBR 6118:2003 ainda apresenta resistência de uso por muitos projetistas de estruturas no que tange a cobrimentos nominais de armaduras de peças de concreto armadosob diferenciadas exposições ambientais que ocorrem no Brasil. Atribui-se essa resistência de uso às dificuldades de interpretação do que consta da NBR 6118:2003 de forma aparentemente muito simplificada, confusa, dando liberdade à livre interpretação de muitos. Visando dirimir dúvidas que ainda persistem sobre a interpretação do que consta da NBR 6118:2003, pertinentes a cobrimentos nominais dearmaduras de peças de concreto armado sob diversas exposições ambientais, abordam-se alguns tópicos considerados importantes para esclarecê-las, identificados a seguir. 1)-Ilustram-se com dados oficiais do INMET e do IBGE as condições climatológicas do Brasil, buscando-se definir um parâmetro de referência para a Umidade Relativa moderada do ar, de crucial importância para a durabilidade dasestruturas de concreto armado e protendido. 2)- Mostram-se os mecanismos de ação dos ventos sobre o relevo e as edificações. 3)-Utilizam-se algumas figuras de trabalhos alemães recentemente divulgados identificando diversas peças estruturais sob as distintas classes ambientais a serem consideradas. 4)-Transcreve-se, para maior clareza, o texto da NORMA NPEN 1992-1-1-2010 (Portugal) pertinente àdurabilidade. 5)–Transcreve-se a tabela de classes estruturais - Período de utilização – Valores do Anexo Nacional (França) 6)-Busca-se destacar os cobrimentos de armaduras de peças de concreto armado utilizados na Europa com vista à durabilidade e vida útil das edificações, que constam da NPEN 1992-1-1-2010 – Portugal, da DIN 1045 - Alemanha, e o que poderia ser preconizado pela NBR 6118:2003.

R. Desp.Humberto Guimarães, 587 – Ed. Solar de Greenwich – ap.601.Ponta-Verde, CEP. 57035-030 Tel. (082) 3231.3232 -Cel. 9981.6748 - e-mail: marcarnauba@gmail.com – Maceió – AL- Brasil

Marcos Carnaúba
SOLUÇÕES DE ENGENHARIA
CREA 3034-D-PE/AL

2/20

2. UMIDADE RELATIVA DO AR.
Umidade Absoluta é a massa de vapor d'água dividida pela massa de ar seco em um volume de ar a uma temperaturaespecífica. Quanto mais quente o ar, mais água ele comporta. Umidade Relativa é a razão entre a umidade absoluta atual e a maior umidade absoluta possível (que depende da temperatura atual do ar). No Brasil, de acordo com dados do Instituto Nacional de Meteorologia a UR média anual é superior a 60%, mesmo em pleno semi-árido, conforme mostra o gráfico específico.

R. Desp. Humberto Guimarães, 587 – Ed.Solar de Greenwich – ap.601.Ponta-Verde, CEP. 57035-030 Tel. (082) 3231.3232 -Cel. 9981.6748 - e-mail: marcarnauba@gmail.com – Maceió – AL- Brasil

Marcos Carnaúba
SOLUÇÕES DE ENGENHARIA
CREA 3034-D-PE/AL

3/20

A diversidade de climas no Brasil aponta para se propor como moderada a UR de 60%. Umidade baixa ≤ 60%.

3. MECANISMOS DAS AÇÕES DOS VENTOS

Note: No caso de edificações observara atuação do vento na face oposta a sua incidência, incluindo turbilhões.

R. Desp. Humberto Guimarães, 587 – Ed. Solar de Greenwich – ap.601.Ponta-Verde, CEP. 57035-030 Tel. (082) 3231.3232 -Cel. 9981.6748 - e-mail: marcarnauba@gmail.com – Maceió – AL- Brasil

Marcos Carnaúba
SOLUÇÕES DE ENGENHARIA
CREA 3034-D-PE/AL

4/20

4. FIGURAS DIVERSAS

Figura 3: exemplos de classes deexposição atuando conjuntamente em componentes típicos. Obs. em preto indicam fator determinante para o projeto de durabilidade Figura fornecida pelo Prof. Eduardo Thomaz

R. Desp. Humberto Guimarães, 587 – Ed. Solar de Greenwich – ap.601.Ponta-Verde, CEP. 57035-030 Tel. (082) 3231.3232 -Cel. 9981.6748 - e-mail: marcarnauba@gmail.com – Maceió – AL- Brasil

Marcos Carnaúba
SOLUÇÕES DE ENGENHARIA...
tracking img