Dst-gonorreia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1512 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O que é a gonorreia?
A gonorreia, também conhecida pelo nome blenorragia, É uma doença causada pela bactéria Neisseria gonorrhoeae (também conhecida como gonococo), que afeta, principalmente, a uretra, tanto de homens quanto de mulheres.
A bactéria cresce em áreas quentes e úmidas do corpo, incluindo o canal que leva a urina para fora do corpo (uretra). Em mulheres, a bactéria pode serencontrada no sistema reprodutor (que inclui as trompas de falópio, o útero e o colo do útero). A bactéria pode se desenvolver até mesmo nos olhos.
Os profissionais de saúde de todos os estados nos EUA são obrigados por lei a informar ao Ministério da Saúde, em caso de pacientes com diagnósticos de gonorreia. O objetivo dessa lei é garantir que o paciente siga o tratamento adequado e que seusparceiros sexuais sejam localizados e examinados.
É uma das doenças sexualmente transmissíveis mais comuns em todo mundo, havendo cerca de 200 milhões de novos casos anualmente .
No Brasil, os dados de infecção são escassos e não há, atualmente, um mapa de distribuição das doenças sexualmente transmissíveis. Estimou-se que em 2003, mais de 1,5 milhões de transmissões da bactéria causadorada gonorreia, segundo dados do Programa Nacional de DST e AIDS do Ministério da Saúde. Nos EUA, por ano são reportados cerca de 400 mil novos casos da doença.
A gonorreia é a principal causa de uretrite, isto é, inflamação da uretra, canal que drena a urina da bexiga. O gonococo pode crescer facilmente em áreas quentes e úmidas do nosso trato reprodutivo, incluindo o colo do útero, o útero,as trompas de Falópio e a uretra. A bactéria também pode crescer na boca, garganta, olhos e ânus.
Formas de contágio:
A transmissão do gonococo só é feita de duas maneiras: pela via sexual (oral, vaginal e anal) ou entre mãe e filho durante o parto. Não há descrições de transmissão da gonorreia através banheiros públicos ou piscinas. Partilhar objetos sexuais, como vibradores, também podeser uma via de transmissão. A transmissão através de toalhas ou roupas íntimas é pouco comum.

Como é uma DST (doença sexualmente transmissível), a prática sexual desprevenida - inclusive anal e oral - é uma forma de transmissão. Assim, ânus e faringe podem, também, se comprometer. A probabilidade de contaminação após o relacionamento com um parceiro doente é de 90%. A gonorréia pode sertransmitida mesmo quando o paciente infectado não apresenta sintomas. Também não é necessário haver ejaculação para ocorrer a transmissão. Basta o ato sexual.
A incidência da doença é maior entre os 15 e 24 anos, idade onde é comum haver intensa atividade sexual sem a devida proteção. Apesar da maior incidência na juventude, esta DST pode ocorrer em qualquer idade se o paciente apresentar estilode vida promiscuo ou não costumar usar preservativos com novos parceiros(as) sexuais.
Bebês correm o risco de serem infectados por suas mães, no momento do parto, apresentando danos oculares ,como ocasionando a conjuntivite gonocócica.

Diagnóstico da gonorreia

O diagnóstico é geralmente feito através da análise do corrimento purulento. Uma pequena escova pode ser usada paracolher material da uretra do homem ou do colo do útero na mulheres. Em alguns casos a urina também pode ser usada para o diagnóstico.

A gonorreia costuma ser evidente nos homens, mas é comum passar despercebida no sexo feminino. Enquanto 90% dos homens apresentam sintomas de uretrite, até 50% das mulheres podem apresentar uma infecção assintomática, não tendo ciência de que estão infectadas.SINTOMAS:
Os sintomas da gonorreia variam de acordo com a região do corpo atingida e começam cerca de 2 a 10 dias após o contágio.
Infecção no trato genital
No homem, se a infecção ocorrer no trato genital, os sintomas podem ser:
- Uretrite (inflamação da uretra): aparece geralmente 4 a 20 dias após a contaminação
A uretrite se manifesta através de uma urina:
> amarelada
>...
tracking img